Skip to main content

PREFEITURA DE OLINDA DÁ CALOTE EM SERVIDORES DA SAÚDE

Cerca de 20 trabalhadores com especialização na área de saúde que participaram da coleta de dados para o programa do Governo Federal VIVA Inquérito (Vigilância de Violência e Acidentes), durante o mês de setembro, ainda não receberam o pagamento pelos serviços prestados. De acordo com eles, o Ministério da Saúde depositou o valor de R$ 43.800,00 na conta da Prefeitura de Olinda, ainda em agosto, mas o município não efetuou o repasse aos servidores.

O VIVA Inquérito é um projeto nacional implantado em 2006 pelo Ministério da Saúde a fim de balizar investimentos e políticas públicas de prevenção, atenção integral às vítimas, promoção à saúde e estímulo a uma cultura de paz.

O programa se caracteriza pela pesquisa pontual, a cada dois anos, em unidades de urgência e emergência das demandas decorrentes de causas externas – entre as quais violência física (agressão, estupro), acidentes de transporte (veículos), para promover formas de reduzir estes tipos de morbimortalidade.

DESVIO – Diante da denúncia perguntamos: Onde está o dinheiro do povo??? Se o Governo Federal depositou o valor antes mesmo de a pesquisa ser realizada por que o trabalho não foi pago??? Será este mais um caso de desvio de recurso público???

Quem trabalhou e não tem nada a ver com o sumiço da verba cobra o pagamento. E nós vamos acompanhar o desenrolar do caso até a solução final.

Um comentário em “PREFEITURA DE OLINDA DÁ CALOTE EM SERVIDORES DA SAÚDE

  1. É uma situação vexatória e só sabe quem está passando por ela. Todo trabalhador é digno de seu salário. Aqui fica portanto uma intrigante pergunta: Será que esse atraso ou falta ocorreria com os ocupantes dos cargos do alto escalão?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4669