Skip to main content
Observatório de Olinda

PREFEITURA REABRE COLÉGIO PRINCESA ISABEL NO JARDIM BRASIL II

Abandonado há anos e quase em ruínas, o Colégio Princesa Isabel, instituição de ensino privada que marcou época no Jardim Brasil II, foi adquirido pela Prefeitura de Olinda e voltará às atividades como escola municipal, em março. A medida, além de atender uma demanda sócio-educacional, resgata um importante símbolo da história do bairro, que corria risco de desaparecer.

A nova unidade da rede municipal vai atender crianças do 1º ao 5º ano (manhã e tarde), e alunos do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) no turno da noite. No momento o prédio passa por reformas e as matrículas estão sendo realizadas na Associação dos Moradores de Jardim Brasil II, na Rua Belém Nº 13.

De acordo com a presidente da associação, Therezinha Sousa, a reabertura da escola beneficiará as famílias que antes tinham que matricular as crianças em outros bairros. “Mostramos ao prefeito Lupércio a necessidade de uma escola municipal no nosso bairro porque as mães estavam levando os meninos para locais mais distantes como Peixinhos e Ouro Preto. Ele ficou sensível ao nosso apelo e determinou a instalação da nova escola aqui”, comemorou a líder comunitária.


MEMÓRIA – O Colégio Princesa Isabel funcionou com dois prédios, nas ruas Belém e Parnaíba, durante aproximadamente 30 anos. Era dirigido pela saudosa Dona Paesinha e o seu marido, Sr Moisés. Hoje aquele velho edifício azul é parte da memória afetiva do bairro. Com o falecimento dos proprietários a escola fechou, para tristeza de milhares de ex-alunos. A reabertura preserva um espaço importante da história do bairro, que completou 50 anos, em 2018.

6 comentários em “PREFEITURA REABRE COLÉGIO PRINCESA ISABEL NO JARDIM BRASIL II

  1. Uma escola também reconhecida pela qualidade no ensino e belas apresentações de sua banda marcial. Sem dúvida alguma, nos deixou muitas saudades. Parabéns ao prefeito Lupércio pela nobre iniciativa.

  2. Fiquei feliz em saber que voltará a funcionar e marcar a memoria de tantas outras crianças .. que façam um belo trabalho educacional e que todos tenham orgulho de estudar nesse património que estava esquecido .

    Parabéns pela iniciativa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: