Skip to main content

POSSE DA MESA DIRETORA CMO É HOJE E JORGE FEDERAL MIRA PREFEITURA 2020

A nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Olinda, eleita para o biênio 2019/2020, toma posse, hoje (01), logo mais às 16 horas. O comando da Casa Bernardo Vieira de Melo pelos próximos dois anos continuará sob a tutela do atual presidente, vereador Jorge Federal, que foi reeleito e mira agora a Prefeitura de Olinda.

Além da recondução do atual presidente, a Mesa Diretora ficou com a seguinte composição: Márcio Barbosa (primeiro vice-presidente), Vlademir Labanca (segundo vice-presidente), Algério Nossa Voz (primeiro secretário) e Saulo Holanda (segundo secretário).

Desta forma, Jorge Federal – que sinaliza ser candidato a prefeito no ano que vem – emplacará quatro anos à frente do Poder Legislativo, onde diz estar realizando uma gestão austera e transparente. “Ele (Federal) sonha 24 horas com a Prefeitura de Olinda. E, desde o início da atual legislatura, cada passo dele é no sentido de subir a ladeira da Rua 15 de Novembro e ocupar o Palácio dos Governadores”, diz uma fonte que sabe tudo da Câmara.


Parece que só o prefeito Professor Lupércio ainda não sabe disso.

Então Feliz 2020 para todos!!!

Um comentário em “POSSE DA MESA DIRETORA CMO É HOJE E JORGE FEDERAL MIRA PREFEITURA 2020

  1. Olinda merece um gestor comprometido com a cidade e certamente o terá. Penso que o vereador em questão ainda está distante de atender as reais necessidades do nosso município, o parlamentar tem três mandados consecutivos, por agremiações diferentes e, particularmente, eu, ao longo dos últimos dez anos, desconheço algum projeto de sua autoria com alta relevancia para a cidade, cujo impacto o credencie para o cargo de Chefe do Poder Executivo Municipal. A sensação é que elege-lo seria marcar passo, seria manter o “mais do mesmo” e a partir de hoje, primeiro de janeiro, uma mudança nos paradigmas da política nacional com reais reflexos nos entes federativos terá início e a MERITOCRACIA, juntamente com PLANOS e PROJETOS EXEQUÍVEIS voltados exclusivamente ao desenvolvimento serão analisados criteriosamente pelos eleitores, que estarão experimentando uma nova forma de fazer política, sendo eles o reais partícpes no cenário eleitoral, onde o BEM COMUM e o DEVER SER serão evidenciados para que não se cometa os erros do passado, que tantos dissabores trouxeram e trazem para a população. A União certamente será o norte para os estados e os municípios, que deverão caminhar par e passos com a MUDANÇA DE VERDADE!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: