logo

share

Blog Observatório deOlinda

POLÍCIA PRENDE MONSTROS QUE MATARAM AS VELHINHAS DO BAIRRO NOVO

Lembra daquele caso das duas irmãs idosas que moravam no Bairro Novo, Olinda, e foram cruelmente assassinadas, no Carnaval deste ano? Após três meses de investigações a Polícia Civil de Pernambuco prendeu quatro suspeitos de participar do crime e concluiu que a ação teve motivação financeira.

O grupo resolveu matar as idosas para evitar que elas denunciassem os criminosos, já que eram conhecidos das vítimas. Os corpos foram encontrados no dia 4 de março. De acordo com a investigação, as irmãs Rosa Maria Cavalcante Melo, de 84 anos, e Ivone Cavalcante Melo, de 79 anos, foram asfixiadas com toalhas.

O delegado de homicídios de Olinda, Augusto Cunha, afirmou que três homens e uma mulher participaram do plano de execução. Dois suspeitos que também são irmãos – um homem e a única mulher do grupo – teriam sido os mentores do latrocínio.

Ela era conhecida das vítimas. “Falta esclarecer se essa mulher participou da asfixia ativamente”, acrescenta o delegado. A polícia diz que ela estava dentro da casa e abriu a porta para o irmão assaltar. As idosas questionaram a suspeita e, segundo o delegado, foi nesse momento que o irmão dela resolveu tirar a vida das velhinhas.

DINHEIRO – Após o crime, os suspeitos sacaram cerca de R$ 8 mil em espécie. Parte desse dinheiro teria sido usado para comprar eletrodomésticos achados na casa de um dos suspeitos em Limoeiro, no Agreste pernambucano.

“A gente achou a casa cheia de eletrodomésticos novos, fora do padrão. As notas fiscais emitidas após o crime, em valores à vista”, reforça o Augusto Cunha. O grupo também planejava, segundo a Polícia, sacar R$ 80 mil da conta de uma das idosas.

Além dos irmãos, foram presos um taxista de confiança da vítima, que também tinha relacionamento com a suspeita, além de um homem que trocava ligações e se comunicava com o grupo. O suspeito que teria executado as vítimas nega o crime, enquanto a irmã dele diz ter entrado na casa quando o latrocínio já estava consumado.

Com informações do Portal OP9

logo