Skip to main content
Prefeitura de Olinda

PAULO CÂMARA PROÍBE IGREJAS NO FIM DE SEMANA E IRRITA RELIGIOSOS

Dentre as novas medidas determinadas pelo Governo do Estado para tentar conter o avanço da Covid-19 em Pernambuco uma provocou irritação entre religiosos: a proibição de celebrações aos sábados e domingos – dias habituais de culto entre as maior parte das religiões.

Pelo menos até o dia 17 de março, os atos litúrgicos só poderão acontecer de segunda à sexta-feira, das 5h às 20h. Padres, pastores e outros líderes espirituais questionam a medida, já que os templos vêm cumprindo todos os protocolos de segurança sanitária, como o distanciamento social, uso de máscaras, aferição de temperatura dos fiéis e a disponibilização de álcool em gel.

“É incompreensível para nós, pois as igrejas, em geral, se tornaram um ambiente seguro, com rígido controle das medidas de proteção. Ao proibir o funcionamento dos templos nos finais de semana, o governo praticamente decreta um novo fechamento das igrejas. É isto que acontece na prática”, afirmou o pastor da Igreja Batista em Bairro Novo, Wagner Manoel.

Apesar da discordância, o sacerdote afirmou que as igrejas seguirão as determinações governamentais, já que o respeito e a subordinação às autoridades constituídas é um princípio cristão. Mas questiona: “Será que as igrejas são fonte de contaminação, senhor governador? Ou as festas clandestinas? E os ônibus e metrôs lotados?”.

Para refletir!!!

QUER SABER TUDO SOBRE OLINDA PRIMEIRO??? – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw Youtube

One thought to “PAULO CÂMARA PROÍBE IGREJAS NO FIM DE SEMANA E IRRITA RELIGIOSOS”

  1. Padres e Pastores tem o dever de entender o momento trágico que estamos vivendo e aliar-se a Paulo Câmara, não é necessário nem discursão, por outro lado o Senhor governador, também deve prestar mais atenção a essas festinhas clandestinas que surgem em pontos localizados como também coletivos (Ônibus e Metrôs), que circulam lotados diariamente sem nenhum posicionamento sério. Um outro detalhe, o proibir de ir e vim das pessoas só durante à noite e finais de semana quase que não irá surtir efeito nenhum. por acaso esse vírus só é transmissível em horário noturno e finais de semana?

    Algo tem que ser feito para que todos, todos, tomem consciência do enorme problema que estamos atravessando. Enquanto toda população não estiver vacinada, o uso da máscara, higienização das mãos e distanciamento é indispensável, caso contrário estaremos condenados a conviver com esse drama ainda por muito tempo (doença, hospitais lotados e cemitério).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: