Skip to main content
Prefeitura de Olinda
Fachada Patteo

SHOPPING PATTEO PODERÁ “TRAVAR” TRÂNSITO NO BAIRRO NOVO E CASA CAIADA

Ninguém tem dúvidas sobre os inúmeros benefícios que a inauguração do Shopping Patteo – prevista para o próximo dia 24 de abril – trará para Olinda. Entretanto, atrelado ao empreendimento deverão surgir problemas, principalmente em relação ao tráfego de veículos, uma vez que o novo centro comercial deve atrair um grande fluxo de pessoas, mas as vias do entrono continuam as mesmas. Para debater o assunto a Câmara de Vereadores promoverá audiência pública no próximo dia 28.

A reunião foi solicitada pelo presidente da Câmara, vereador Jorge Federal, e contará com a presença dos investidores, de representantes da Prefeitura, do Governo do Estado (Secretaria das Cidades, Defesa Social, Grande Recife Consórcio de Transportes, Detran, Polícia Militar), do Ministério Público Estadual e da Promotoria de Justiça. O Patteo já é considerado o maior empreendimento privado da cidade e deverá gerar cinco mil empregos diretos.

“É indiscutível o impacto positivo do Shopping Patteo Olinda na economia da cidade, nos entanto, seu funcionamento, a partir do dia 25 de abril, representará grandes desafios para o trânsito e vai requerer uma maior integração do sistema de transporte com a criação de novas linhas; além do reforço na segurança pública. Por isso queremos conhecer e debater as propostas dos órgãos e instituições envolvidas,” disse Jorge Federal.

O vereador espera que seja apresentado um plano de mobilidade urbana, inserindo o alargamento das ruas jardins e a recuperação asfáltica das vias do entorno, associado a providências em caráter de segurança pública, incluindo a modernização da iluminação.

3 thoughts to “SHOPPING PATTEO PODERÁ “TRAVAR” TRÂNSITO NO BAIRRO NOVO E CASA CAIADA”

  1. Na verdade o vereador quer aproveitar a repercussão que a inauguração do Shopping ira provocar para mostrar serviço. O tema “mobilidade”, se não foi, deveria já ter sido discutido na apresentação do EIV – Estudo de Impacto de Vizinhança, quando da aprovação do projeto pela Prefeitura.

  2. Lembro que antes da construção do empreendimento as ruas laterais foram alargadas. Portanto, a questão do trânsito no entorno do mall faz parte de sua concepção. Acho que esse vereador está, no mínimo, equivocado, ao levantar esse não-problema. Aliás, trata-se do mesmo vereador que pretendia impedir a circulação de veículos vinculados ao aplicativo Uber em Olinda durante o Carnaval. Ele também aprovou um aumento salarial vergonhoso
    para ele próprio e seus colegas, sendo obrigado a recuar da medida por conta da pressão social.
    Penso que o vereador Jorge Municipal deveria se preocupar com a falta d’água em Olinda e as muitas ruas da cidade que não contam com calçamento e constam como pavimentadas nos registros da Prefeitura. Taí um bom motivo para ele trabalhar, propondo inclusive uma CPI.
    Que ele deixe o shopping em paz. Trata-se de um empreendimento privado, que vai movimentar a economia da cidade, gerando centenas de empregos diretos e indiretos. Dispensa, portanto, a ingerência quase sempre nefasta de políticos oportunistas.

  3. Começa diminuindo 50% dos semáforos entre a Ponte sobre o Rio Doce até o Varadouro. Pra quê um semáforo a cada esquina??????????????????????

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: