Skip to main content

PARLAMENTO EM FOCO: E A ELEIÇÃO CHEGOU! – Pedro Lacerda

A “festa de democracia”! Assim já foi definida a época da escolha dos representantes de nós todos, homens e mulheres que lutam no seu dia-a-dia pela sobrevivência própria e de nossas famílias.

A expressão festiva acima aludida foi criada no alvorecer da luta pelas eleições diretas, movimento histórico intitulado “Diretas Já”. Naquela oportunidade, depois do período compreendido entre os anos de 1964 a 1985, o povo estava saudoso de poder manifestar de forma livre e independente suas preferências eleitorais.

O reencontro dos brasileiros com as urnas foi marcado por profunda emoção e esperança no que está por vir, afinal, todos nós desde o berço fomos impregnados da ufanista afirmação de que “o Brasil é o país do futuro”!

Porém, com o decorrer dos anos, as frustrações advindas dos malfeitos realizados por alguns de nossos representantes retiraram o brilho da “festa da democracia”, passando as eleições a serem vistas como um modorrento momento inócuo – verdadeira perda de tempo – que nos é imposta pela legislação eleitoral brasileira.

Tal fato é simplesmente constatado com o crescente número de brasileiros e brasileiras que em cada eleição se abstém de exercer seu direito ao voto. Uma apatia cívica tem nos tomado, em uma crescente assustadora.

O calendário eleitoral que disciplina as eleições municipais do corrente ano já se encontra em plena evolução. O período das convenções partidárias (momento no qual as legendas escolhem seus filiados que irão às urnas na condição de candidatos) exauriu-se no dia 16 de setembro.

A partir do dia 27 deste mês terá início o período da campanha eleitoral propriamente dito. Ou seja, os até então pré-candidatos passam a poder se proclamar “candidatos” a vereador e prefeito.

Tem início o período de atos promovidos na busca explicita do pedido de votos e a propaganda eleitoral gratuita, no rádio e televisão, passarão a ser parte das nossas rotinas.

Por mais descrentes que nós estejamos do compromisso de nossos políticos com o bem comum, não podemos negligenciar essa oportunidade que os cidadãos têm de influenciar nos destinos do poder, desta feita através da escolha dos vereadores e prefeitos em todos os municípios brasileiros.

Essa “porta” só é aberta de quatro em quatro anos e as escolhas que fizermos, inexoravelmente, apenas poderão ser desfeitas no distante ano de 2024. Escrevo caro amigo leitor, não buscando “dourar a pílula”, escondendo as grandes mazelas do sistema representativo nacional.

Ao contrário! Reconheço que a classe política brasileira é devedora, e muito, em relação aquilo que deveria ser seu comportamento e atitudes em relação ao bem comum do nosso povo. Porém, se nos omitirmos, a única certeza é que tudo permanecerá como está, ou seja: muito ruim para nós todos.

Estimulo através dessas modestas linhas por mim traçadas, que nós todos façamos um esforço na busca de algum, ou alguma, representante que nos renove a esperança de dias melhores. Façam o sacrifício de ficar atentos aos postulantes que pedirão seus votos.

Escutem, analisem, façam seus juízos críticos e busquem escolher aqueles que pelo menos demonstrem alguma similitude com suas crenças e valores. Não sejamos “novos Pilatos”, não lavemos nossas mãos e abandonemos a nossa democracia à própria sorte!

Depende de cada um de nós, a começar das nossas casas, famílias e amigos – ao falar sobre a política e debater os princípios que acreditamos – a realizar um trabalho cívico de resgate da importância do voto e da democracia.

Quem sabe, desta forma, com o passar do tempo, os anos eleitorais não sejam para nós motivo de aborrecimento e luto, mas sim, de alegria e esperança, ou seja, que volte a nos alegrar a “festa da democracia”. ________________________________________________________

Pedro Leonardo Lacerda

Advogado e Consultor Político

INSTAGRAM: @pedro_leonardo_lacerda / FACEBOOK: Pedro Leonardo Laacerda

MUITO IMPORTANTE TER VOCÊ COM A GENTE – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://twitter.com/obsolinda Twitter

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: