Skip to main content
Prefeitura de Olinda
Blog Observatório de Olinda

POLÊMICA GAY E OLINDA FORA DA BASE DO GOVERNO PAULO CÂMARA

O jogo pode até mudar mais na frente – tudo acontece na política e no futebol – mas o momento não está nada favorável para o governador Paulo Câmara (PSB). Por inabilidade de assessores e a sua própria “imaturidade política” o governador perde sustentabilidade a cada dia. Na Região Metropolitana do Recife já não conta com o importante apoio do prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR) e está prestes a ficar também sem Olinda, onde o partido do prefeito Lupércio, o Solidariedade (SD), já manifestou insatisfação com os “espaços” que não tem no Governo do Estado.

Mas além de “bater cabeça” no campo político, os assessores imediatos do governador também estão dando uma ajudazinha a mais para afundar o barco socialista. Sob o comando do ex-secretário da Fazenda de Olinda e integrante dos quadros do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Marcelino Granja, a Fundarpe programou para o Festival de Inverno de Garanhuns deste ano uma “peça” de teatro onde um transsexual faz o papel de Jesus Cristo.

É óbvio que, em uma cidade tradicional e majoritariamente cristã, a empreitada gay não poderia dar certo e acabou gerando um desgaste a mais – e desnecessário – para o já enfraquecido Paulo Câmara. O povo, o prefeito e os grupos religiosos (Católicos e Evangélicos) se manifestaram contra a encenação e a mesma terminou sendo cancelada. Gol contra comunista, mais uma vez.

Andam dizendo por aí que enquanto mantiver assessores como Marcelino Granja o governador não precisa se preocupar com os adversários. O “homem bomba” não está do outro lado, mas dentro do Palácio do Campo das Princesas, onde sobra prepotência e arrogância. A oposição avança em cima dos erros e da falta de sensibilidade dos governistas. E o jogo segue!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: