Skip to main content
Prefeitura de Olinda

MORADORES DE 400 APTs DO CONJUNTO LUSITÂNIA I ENTRAM NA JUSTIÇA PARA AFASTAR SÍNDICA. ADVINHA QUEM É!!!

Lembram daquela bronca dos condôminos do Conjunto Habitacional Concorde (Maranguape I) com a síndica Lilyane Costa Pereira, denunciada pelo Observatório de Olinda, em agosto? Por não prestar contas do dinheiro dos moradores e inúmeras outras irregularidades administrativas ela terminou sendo afastada do cargo pela justiça. Relembre clicando no link https://observatoriodeolinda.com/rombo-de-meio-milhao-de-reais-e-briga-judicial-agitam-condominio-tenda-e-seus-mais-de-300-apts/

Ao tomarem conhecimento do “pepino” no Concorde, moradores do Conjunto Parque Lusitânia I, também em Maranguape, tomaram um susto e verificaram que as mesmas arbitrariedades estavam sendo praticadas no condomínio, cuja síndica é também a senhora Lilyane – eleita em assembleia após indicação pela construtora Tenda como “síndica profissional”. Agora eles querem a moça fora da gestão.

No Parque Lusitânia – empreendimento com 25 edifícios e 400 apartamentos – a síndica também “pintava e bordava”. De acordo com moradores, nos primeiros meses foi cobrada uma “taxa de rateio” para água (Compesa) no valor de R$ 90,00 por apartamento. Ao ser questionada/pressionada, o valor caiu para cerca de R$ 30,00 e a diferença foi devolvida/abatida no valor do condomínio dos meses seguintes.

“A taxa de condomínio chegou a R$ 202,00, com R$ 90,00 de “taxa de Compesa” embutida. A gente abriu a boca e hoje o custo médio de água é de R$ 30,00 por apartamento. Tem também problemas com serviços de instalação de cerca elétrica e câmeras, que estamos questionando por não ter havido concorrência“, comentou Ricardo Gomes.

DITADURA??? – Ele acrescenta que nunca existiu prestação de contas e muito menos conta bancária em nome do condomínio. Em junho, Lyliane – que não é moradora – também convocou uma assembleia para “expulsar” moradores/proprietários de dois apartamentos que discordam da administração dela.

Por estas e outras, depois da bronca no Conjunto Concorde, os moradores ficaram de “orelha em pé” e decidiram ingressar na justiça para que haja o afastamento da síndica. Recentemente ela pediu uma “licença” por 90 dias devido a “problemas pessoais” e os oficiais de justiça não conseguem mais encontra-la para notificar do processo.

“A justiça considera que ela tem “paradeiro ignorado”. Pela convenção do condomínio, registrada em cartório, o mandato acaba em outubro, mas a Construtora Tenda fez uma manobra para que ela fique mais seis meses irregularmente no cargo”, diz o morador.

AÇÃO JUDICIAL CONTRA A SÍNDICA LYLIANE PEREIRA

AUDITORIA – Apavorados com o que pode ser encontrado na contabilidade da gestão da síndica Lyliane os moradores que estão à frente do movimento “Fora Lyli” prometem criar uma espécie de “Comissão da Verdade” e realizar uma ampla auditoria nas nebulosas contas do prédio enquanto esteve sob a “Gestão Lyliane”.

“Teremos que revisar todos os contratos e, possivelmente, romper a maioria. Compramos um sonho que virou um pesadelo por conta desta mulher. Esperamos uma vida nova após a passagem tenebrosa desta pessoa em nossas vidas“, desabafou.

Só bronca!!!!

QUER SABER TUDO SOBRE OLINDA E REGIÃO PRIMEIRO??? – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw Youtube

2 thoughts to “MORADORES DE 400 APTs DO CONJUNTO LUSITÂNIA I ENTRAM NA JUSTIÇA PARA AFASTAR SÍNDICA. ADVINHA QUEM É!!!”

  1. Realmente, um descaso de administração, agora, não é por menos, imaginem em quem ela votou para presidente, Claro, ele mesmo, o desqualificado BOLSONARO.Qualquer semelhança não é mera coincidência!!!

  2. É por isso que muita gente desconfia das urnas eletrônicas, pois qualquer um pode descobrir em quem o outro votou.
    Era bom que o presidente do TSE visse está postagem e o comentário anterior para constatar a fragilidade do sistema eletrônico usado no país.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: