Skip to main content
Prefeitura de Olinda

MERCADO EUFRÁSIO VAI CUSTAR R$ 300 MIL/MÊS A PERNAMBUCO

A Prefeitura de Olinda “pulou uma fogueira” de R$ 300 mil mensais ao entregar a gestão do Mercado Eufrásio Barbosa ao Governo do Estado de Pernambuco. Este é o custo estimado pelo próprio Executivo estadual para manter o espaço, o que dá uma média de R$ 10 mil por dia. Alguns leitores fizeram os cálculos e acharam o valor alto demais para a manutenção de um prédio rústico como o Eufrásio.

“Tá com a mulésta!!! Dez mil reais por dia!!! É muito dinheiro meu amigo. Nem que fosse um shopping com ar-condicionado e piso em granito. Eu acho que alguém precisa refazer essa conta porque tá caro demais. O governador não está vendo isso não???”, questionou o microempresário Márcio Arcanjo, morador de Rio Doce.

Alheio à polêmica o prefeito Lupércio acompanhou a reinauguração do prédio, ontem (05), ao lado do vice-governador Raul Henry. “Estamos diante de uma obra que é motivo de orgulho e muita alegria, não apenas para nós, olindenses, mas pessoas de todos os lugares que visitam a nossa cidade. Só tenho a agradecer a todos que tornaram este sonho possível, sendo agora mais uma opção de lazer, cultura e também fonte de renda para centenas de pessoas”, destacou o prefeito Professor Lupércio.

CONVÊNIO – Para passar a bomba; quer dizer, a administração do equipamento adiante, o prefeito Lupércio encaminhou à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei 14/2018, que autorizou o município a firmar convênio com o Governo do Estado para o gerenciar o espaço.  O comitê gestor será coordenado pela Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) com participação da Prefeitura. A legislação, aprovada por unanimidade na Câmara prevê a exploração econômica e os requisitos necessários para a operação no local.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: