Skip to main content

LIXO VAI CUSTAR R$ 21,7 MILHÕES NOS PRÓXIMOS 180 DIAS

Olinda gasta uma pequena fortuna com a coleta de lixo. A prefeitura acabou de renovar a dispensa de licitação para recontratar emergencialmente a empresa que recolhe os dejetos da cidade por R$ R$ 21.762.686,34 – vinte e um milhões, setecentos e sessenta e dois mil, seiscentos e oitenta e seis reais e trita e quatro centavos.

São mais de R$ 3,6 milhões por mês ou cerca de 120 mil por dia, pagos à empresa Locar Saneamento Ambiental Ltda. E a pergunta que se faz é: Por que a Prefeitura de Olinda ainda não realizou uma licitação para tentar baixar o valor do serviço?

Em nota a Administração Municipal informou o seguinte:

A Prefeitura de Olinda esclarece que, antes mesmo do encerramento do contrato anterior, em 2017, submeteu, para a devida análise do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), uma minuta de edital para a contratação dos serviços de limpeza urbana no município.

Após alguns ajustes e entendimentos do órgão, o processo foi aprovado, sendo publicado naquele ano. Posteriormente, foram requisitados outros ajustes para atender a demandas dos licitantes, sendo novamente remetido para análise do TCE-PE e republicado.  

Neste intervalo, até o presente momento, o conteúdo vem sendo discutido amplamente com o Tribunal de Contas, sendo realizadas novas adequações. O novo edital para a contratação, em definitivo, será publicado em breve.

A Prefeitura de Olinda ressalta, ainda, que a legislação também ampara, por meio da Lei 8.666/1993, a contratação de serviços na modalidade emergencial, por se tratar de serviços de natureza essencial para a população”.

Então, tá!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4669