Skip to main content

INCÊNDIOS COLOCAM EM RISCO SÍTIO HISTÓRICO DE OLINDA

Os dois incêndios ocorridos no perímetro do Sítio Histórico de Olinda, na semana passada – um carro na Rua do Sol (Carmo) e uma casa na Rua 15 de Novembro (Varadouro) – ligaram o sinal de alerta para o risco de uma grande tragédia na área tombada.

Instalações elétricas precárias, casas antigas e conjugadas, além de madeira e outros materiais altamente inflamáveis nestes imóveis são uma espécie de “bomba-relógio” pronta para explodir; e incendiar a Cidade Alta.

A preocupação em evitar este tipo de acidente fez com que a vereadora Graça Fonseca promovesse, ainda em 2015, uma audiência pública para tratar do assunto. Após os debates, sugestões foram formatadas e encaminhadas às autoridades responsáveis, mas, ao que parece, providências efetivas não foram tomadas.

COMPETÊNCIA – “Depois ninguém venha dizer que a Câmara Municipal foi omissa. O assunto foi debatido e medidas foram requeridas. Porém a execução delas extrapola a nossa competência”, afirmou a atuante parlamentar.

Alô Celpe, Prefeitura de Olinda, Corpo de Bombeiros, Iphan, Ministério Público; está na hora de se mexer. Ou vão esperar a cidade virar cinzas para só lamentar???

MUITO IMPORTANTE TER VOCÊ COM A GENTE – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://twitter.com/obsolinda Twitter

Um comentário em “INCÊNDIOS COLOCAM EM RISCO SÍTIO HISTÓRICO DE OLINDA

  1. Pelo que podemos observar, a Prefeitura de Olinda não está de quarentena há um bom tempo, vem trabalhando a todo vapor.
    Agora, quem realmente precisa – COMEÇAR a ACORDAR – de um longo período de quarentena, é a população. E acordar com responsabilidade, fazendo uso de MÁSCARAS ao sair de casa, desligando determinados aparelhos da tomada, LAVANDO bem as MÃOS e EVITANDO aglomerações de PESSOAS.
    Quanto aos recentes incêndios na MARIM dos CAETéS, só resta saber a verdadeira elucidação dos fatos. Só assim, será possível falar de quem realmente é a CULPA. Por enquanto, façamos a nossa parte.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4669