Skip to main content
Prefeitura de Olinda
Invasão Lagoa

FISCALIZAÇÃO BLOQUEIA OBRA ILEGAL NA LAGOA DA ARTOL

Após um longo período de inércia mediante os graves problemas de ordenamento da cidade, a Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano de Olinda voltou a “dar carga” – como pediu o prefeito Lupércio – no combate às irregularidades denunciadas pela população. Ontem (22) fiscais da pasta realizaram a demolição de construção irregular nas proximidades da Lagoa da Artol, entre os bairros de Jardim Brasil I e Jardim Brasil II.
O trabalho foi realizado por uma força conjunta do Controle Urbano e Guarda Municipal, e elogiado pela população. “Os mananciais foram aterrados graças à omissão dos prefeitos anteriores, principalmente ‘dona Luciana’ e ‘seu  Renildo’, que deixaram invadir à vontade. O resultado eram as enchentes quando caía qualquer pingo d’água. Com o prefeito Lupércio melhorou e a gente já está há dois anos sem grandes problemas”, afirmou a dona de casa Maria Martins.
De acordo com a Prefeitura de Olinda, aterrar ou construir no local representa crime ambiental. Além da demolição da construção que estava em andamento, uma cerca também foi retirada. “Um acompanhamento constante é realizado para a preservação da lagoa. Esse tipo de obra irregular é uma ameaça, pois a água da chuva fica sem o escoamento e enchentes são provocadas, além de doenças e transtornos para população”, afirmou o secretário responsável pela operação, André Botelho.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: