logo

share

FALLOW & DISSE: “SÓ PLATÃO NA CAUSA!” – Kildare Johnson

Senhoras e Senhores observadores, um dos últimos atos do senhor presidente Jair Bolsonaro (PR) no ano de 2020 foi sancionar a Lei Complementar de número 176 que prevê o repasse de R$ 58 BILHÕES para estados e municípios até 2037 como forma de recompensar as PERDAS provocadas pela Lei Complementar de número 87, publicada em 13 de setembro de 1996, conhecida por “Lei Kandir” que versa sobre o imposto dos estados e do Distrito Federal, nas operações relativas à circulação de mercadorias e serviços (ICMS).

Já no dia 1º de janeiro, o Governo Federal publicou que prorrogou o prazo da TARIFA ZERO para a importação de remédios e insumos para o COMBATE à Covid-19, com o objetivo de AUMENTAR a OFERTA e DIMINUIR os custos dos bens destinados ao tratamento do problema (Fonte: @govbr)

No mesmo 1º de janeiro o PR resolveu dar umas braçadas no mar da Praia Grande, no litoral paulista, até onde JÁ SE ENCONTRAVAM alguns banhistas, pessoas comuns, do povo, naturalmente tirando a “zique-zira/nheco-nheco” que foi 2020, todos já dentro d’água e aí, como de costume, onde quer que ele vá nesse NOSSO (NOSSO, “VIU”?) imenso Brasil, a galera presente o ovacionou, o aplaudiu, ao som de “mito, mito, mito…” e, em dado momento, os banhistas começaram a soltar apupos e bordões impublicáveis (justos?) em desagravo ao senhor João Dória, governador de São Paulo.

Pronto, foi o suficiente para que a proliferação de manchetes flagrantemente “mimizentas”, algumas querendo culpar o senhor presidente pelo número de banhistas que se encontravam no mar (sic), e que foram surpreendidos com a presença do MAIOR E MAIS QUERIDO LÍDER DO BRASIL, todas flagrantemente FORÇANDO com o substantivo “AGLOMERAÇÃO”.

Confira: “Bolsonaro nada com banhistas e promove AGLOMERAÇÃO na Praia Grande (SP)”. (ISTOÉ); “Sem máscara, Bolsonaro nada com banhistas e gera AGLOMERAÇÃO em Praia Grande (SP)”. (ESTADÃO); “Bolsonaro nada com banhistas e provoca AGLOMERAÇÃO em Praia Grande”. (VEJA); “Bolsonaro abre 2021 com nova AGLOMERAÇÃO em praia de SP.” (FOLHA); “Em meio ao avanço da COVID, Bolsonaro volta a gerar AGLOMERAÇÃO em praia”. (CARTA CAPITAL); “Em mais uma AGLOMERAÇÃO durante a pandemia, na praia, Jair Bolsonaro puxou grito da multidão contra o governador de São Paulo, João Doria…”. (BRASIL247).

Por questão de espaço não coloquei todas, mas são os mesmos de sempre, na velha sintonia padrão “ele não”.

Sabemos que se o senhor João Dória pusesse um traje de banho e fosse dar umas braçadas em QUALQUER PRAIA do litoral paulista, ele JAMAIS teria a mesma recepção dispensada ao PR, será este o motivo da ciumeira?

Quem se ABISMOU com o absurdo feito do senhor João Dória, que no dia 23 de dezembro, de forma PERVERSA, decidiu que idosos de 60 a 65 anos, contrariando o ESTATUTO DO IDOSO, NÃO terão mais gratuidade nos transportes públicos em São Paulo (capital e interior), talvez não se surpreenda mais com o verdadeiro PACOTE DE MALDADES “startado” por ele que após saber que o senhor presidente “foi pra galera” em seu próprio estado!

Ele subiu o tom das críticas afirmando que Bolsonaro “gosta mesmo é do cheiro da morte, do cheiro da pólvora e do cheiro do dinheiro das rachadinhas” (comigo ele teria que se explicar!). No Twitter ele ainda chamou de “inoperância” e “negacionismo” do Governo Federal que teria estimulado a morte de 194 mil brasileiros pela doença e finalizou: “Presidente: trabalhe mais e fale menos”. (Fonte: Terra).

Sempre CARICATURESCO e BUFO, por isso o senhor presidente chega a se rir dele.

O senhor presidente, sabedor e plenamente consciente da VERDADE, parece não dar muita bola para os “pitis” do senhor João Dória, a quem chamou recentemente de “calça-apertada” (eu ri, “viu”?).

Ocorre que após a DESCONCERTADA viagem à Miami, PARA EVITAR O LOCKDOWN, que ele mesmo decretou em São Paulo, e depois de PENALIZAR setores da economia, entre eles até HOSPITAIS, taxando produtos médicos que há 21 anos eram isentos! Ele ainda terminou 2020 comprando brigas com idosos e em 2021 com MILHARES de pessoas portadoras de necessidades especiais quando, DESARRAZOADAMENTE, acabou com o benefício fiscal que eles tinham para a aquisição de automóveis (Fonte: Diário do Poder).

Terá amalucado? Só Platão na causa.

Kildare Johnson – Bacharel em Direito, Mediador/Conciliador, Árbitro Judicial e Palestrante RM.

MUITO IMPORTANTE TER VOCÊ COM A GENTE – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://twitter.com/obsolinda Twitter

https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw Youtube

logo