Skip to main content

FALLOW & DISSE: “NÃO AO PL 399/2015, SIM À VIDA!” – Kildare Johnson

Senhoras e Senhores observadores,

O país PEDE SOCORRO!!! Nos próximos dias o Brasil poderá dar um PASSO GIGANTESCO PARA TRÁS, indo de encontro à já EXITOSA Política de PREVENÇÃO às DROGAS, implantada pelo Governo Federal, desde 2019, e isso tem que ser URGENTEMENTE COMBATIDO por TODOS NÓS pais, mães, avós, tios… TODOS!!!

Me refiro Projeto de Lei (PL) de número 399 de 2015, de autoria do deputado Fábio Mitidieri do (PSD-SE), esse tal PL é mais uma ARMAÇÃO que cuja CATADURA é para liberar as DROGAS no Brasil! O PL está agora tramitando na Comissão Especial da Câmara, presidida pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que é quem está analisando o texto substitutivo, já entregue ao deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Isto É GRAVE!

O relator, deputado Luciano Ducci (PSB – PR), tenta “explicar” dizendo que “o PL não regulariza o cultivo, nem o mercado de drogas” (sic). Hã, como assim? O tal “texto substitutivo” visa, sim, REGULARIZAR O CULTIVO DA MACONHA, mesmo vertendo sobre algo que, DO PONTO DE VISTA CIENTÍFICO, NÃO EXISTE, que é a tal “Cannabis medicinal”, sob o ENGODO de que “empresas”, “associações de pacientes” e o até os “governos” possuirão direito à licença de plantio da DROGA!

Eles “argumentam”, ainda, que tem que ser “mediante a uma demanda anterior, justificada, a ser analisada”. (sic) Seria até JOCOSO, não fosse tão GRAVE! O texto ainda dá conta de que os “plantadores de MACONHA” serão “obrigados a seguir as regras já existentes nos órgãos competentes como a Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA), como se houvesse… “PERAÊ”, né? Será que alguém acredita nisso? Eu não!

Como bem disse o deputado Eros Biondini (PROS – MG), um OBSTINADO DEFENSOR da VIDA: “O Brasil já tem uma REGULAMENTAÇÃO para essa DROGA” Ele cita as Resoluções de número 327 e número 335 da ANVISA que preveem a fabricação, importação e prescrição médica da Cannabis!

E continua afirmando que o tal texto substitutivo NÃO TEM RAZÃO, NEM SENTIDO ALGUM PARA EXISTIR, classificando a DESASTROSA aprovação do PL 399/2015 como um “CAVALO DE TRÓIA”, uma ARMADILHA PARA LEGALIZAR AS DROGAS NO PAÍS!!!

E é verdade, por isso temos que entender o que está por trás e EXIGIR que os PARLAMENTARES não aprovem tamanho RETROCESSO que prejudicaria os AVANÇOS que o governo, A DURAS PENAS, já atingiu e vem CONQUISTANDO no âmbito dos CUIDADOS e da PREVENÇÃO a cada dia, com pandemia e tudo, visando a PRESERVAÇÃO da SAÚDE MENTAL das nossas CRIANÇAS, dos nossos JOVENS e ADOLESCENTES que, INFELIZMENTE, ainda temos muitos que vagueiam, tais quais ZUMBIS, pelas CRACOLÂNDIAS Brasil afora e a MAIORIA deles, ESTEJAM CERTOS, acreditem em quem milita no combate às DROGAS desde 1998, começou com um “baseado”; um “baseadinho” ou com um “fininho”, entre outros nomes dados ao cigarro da, DANOSA e FATAL, MACONHA!

Muitos dos que querem a liberação “acham motivos” quando se referem às crianças em tenra idade, que são tratadas das crises convulsivas apenas com uma molécula derivada da maconha, UMA, o cannabidiol, NADA MAIS e que age da seguinte forma: A teoria (TEORIA) mais aceita aponta que o cannabidiol se conecta ao receptor GPR55, presente na superfície dos neurônios e ao se conectar, o cannabidiol SUPOSTAMENTE impediria que a célula nervosa “entrasse em parafuso” dando início a uma crise típica da convulsão epiléptica.

Ainda assim NÃO HÁ uma EXPLICAÇÃO DEFINITIVA para os efeitos dessa molécula no cérebro que, diga-se: ATÉ OS 25 ANOS DE VIDA ESTÁ EM FORMAÇÃO! (Fonte: “Bem-Estar Medicina – Veja Saúde).

Eu tenho um amigo, cuja filhinha faz uso do cannabidiol para diminuição da incidência das crises convulsivas e ele é TERMINANTEMENTE CONTRÁRIO ao tal PL 399/2015, pois entende que a tal legalização da MACONHA SERIA UM MAL para a sociedade pois, como policial, viu os efeitos PERVERSOS da DROGA nas crianças e nos adolescentes!

O uso do cannabidiol interfere na FERTILIDADE do homem e da mulher (Veja.com); Estudos também mostram potenciais RISCOS da MACONHA para a saúde do CORAÇÃO (Saúde.com); quem usa a MACONHA aumenta os riscos de ACIDENTES automobilísticos; Há uma PERIGOSA PSICOSE após a MACONHA (Gazeta do povo – Viver Bem); o efeito da MACONHA se compara a uma queimada, não volta mais ao natural (A Gazeta); O uso da MACONHA leva a DEPRESSÃO; quem fuma MACONHA sofre com ANSIEDADE; “MACONHA NÃO É MEDICINAL”, diz o Dr. Osmar Terra (Correio Brasiliense); MACONHA é PIOR para o cérebro do que o álcool (Veja.com); a alta incidência de psicoses desencadeia a ESQUIZOFRENIA; há uma diminuição das FUNÇÕES COGNITIVAS, com repercussão sobre o QI (Dr. Quirino Júnior).

Por fim, no Canadá, após a liberação, os MACONHEIROS começaram a COMER a MACONHA e foi logo emitido um ALERTA, porque ela ingerida, o efeito demora a acontecer, o indivíduo come cada vez mais, mistura com outras DROGAS como o álcool, e como ela fica 8 horas no organismo o MACONHEIRO pode ter um “piripaque” e MORRER! (metrópoles.com) NÃO à legalização das DROGAS, NÃO ao PL 399/2015, sim à VIDA!

Kildare Johnson – Bacharel em Direito, Mediador, Árbitro Judicial, e Palestrante Motivacional.

MUITO IMPORTANTE TER VOCÊ COM A GENTE – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://twitter.com/obsolinda Twitter

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: