Skip to main content

FALLOW & DISSE: “ABUSO DE AUTORIDADE!” – Kildare Johnson

Senhoras e Senhores observadores, a última semana, para não fugir do “velho normal” foi repleta de episódios “pra lá” de estranhos, ESCALAFOBÉTICOS, até! Alguns desafiadores e outros assustadores.

Desses, dois merecem destaques: Um é a DENÚNCIA GRAVÍSSIMA do senhor Allan dos Santos, jornalista, apoiador MAQUINAL do presidente Jair Bolsonaro e fundador do canal “Terça Livre”, onde afirma ter informações privilegiadas acerca de um suposto e INQUIETANTE golpe que, segundo ele, estaria sendo montado para derrubar o UNGIDO (minha opinião) presidente da República Jair Bolsonaro; e o outro, do qual irei me referir hoje, trata do DESPOTISMO do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o senhor Alexandre de Moraes que, ao que parece, CISMA que tem o alcance de uma INSTÂNCIA GLOBAL (sic).

Não tem, a sua corte é “suma”, é “proeminente”, é “altíssima” e até chega a ser “soberana”, mas isso é apenas e tão somente em “Terra Brasilis”!

Sabemos que, com base no BIZARRO, do ponto de vista legal, inquérito 4781 o ministro mandou que o Facebook bloqueasse, em nível mundial (“deu a gota!”), 12 perfis hospedados naquela rede; são perfis de jornalistas e pessoas que são admiradores e SECTÁRIOS COMUNGANTES do presidente Jair Bolsonaro, perfis que foram HONROSAMENTE APELIDADOS de “perfis bolsonaristas”.

Na sexta-feira (31.07) o Facebook informou que iria recorrer da determinação do senhor Alexandre de Moraes, que intimara o presidente da rede no Brasil, VINDICANDO o cumprimento da sua ordem (“óia”?), ampliando a multa de R$ 20 para R$ 100 mil por dia de descumprimento. O senhor supremo ministro disse que o Facebook “deve respeitar e cumprir, de forma efetiva, comandos diretos emitidos pelo Poder Judiciário” (“óia?” II).

É impressionante o que está acontecendo, que além das buscas e apreensões, prisões dos que se expressam nas redes sociais, todos ADERENTES AUSPICIOSOS do “capitão”, agora são os bloqueios de contas no Facebook e Twitter, tudo isso sem que haja o Devido Processo Legal, o respeito ao BASILAR ao Princípio da Ampla Defesa e Contraditório, o que há é um inquérito QUIMÉRICO do ponto de vista constitucional e processual e que, portanto, pode ser considerado ESPÚRIO!

Na quinta-feira, dia 30 de julho, além do Facebook a plataforma Twitter informou que irá recorrer da determinação do senhor Alexandre de Moraes pois, para eles, ela é “DESPROPORCIONAL SOB A ÓTICA DO REGIME DE LIBERDADE DE EXPRESSÃO VIGENTE NO BRASIL”.

Além das plataformas, alguns jornalistas como Bernardo Küster e Allan dos Santos, ingressaram com processos na Corte Interamericana de Direitos Humanos, para questionar as supostas violações cometidas pelo STF.


Entende-se que o Brasil, enquanto signatário de tratados internacionais, DEVE CUMPRIR as DELIBERAÇÕES daquela Corte que, em julgando diversas, abusivas e/ou ilegais as ações do STF, utilizará mecanismos para coibir tais VIOLAÇÕES, sem prejuízo à punição do (s) responsável (eis) pelos prováveis CRIMES, entre eles o de ABUSO DE AUTORIDADE!

Kildare Johnson – Bacharel em Direito, Mediador, Árbitro Judicial, e Palestrante Motivacional.

MUITO IMPORTANTE TER VOCÊ COM A GENTE – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://twitter.com/obsolinda Twitter

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4609