Skip to main content
Prefeitura de Olinda

DOIS VEREADORES DIZEM QUE NÃO UTILIZARÃO CELULARES PAGOS PELA CÂMARA

Após a polêmica sobre o uso de aparelhos celulares pagos com dinheiro público, pelo menos dois vereadores da Câmara Municipal de Olinda informaram que não utilizarão os telefones. Vinícius Castello (PT) e Tostão de Olinda (PMB) se manifestaram através das redes sociais rejeitando o benefício. A atitude foi classificada como “hipocrisia” pelos colegas de parlamento. Relembre o caso https://observatoriodeolinda.com/a-polemica-licitacao-dos-celulares-para-os-vereadores/

Tanto o petista Vinícius Castello quanto Tostão de Olinda – ambos vereadores de primeiro mandato – afirmaram que foram “surpreendidos” pela mídia com a polêmica e que, sequer, sabiam da licitação. “O processo não passa pelo crivo do plenário, muito menos foi feito requerimento. Fiz um pedido de informações ao secretário geral da Câmara. Reafirmo que, independente da resposta, continuarei a não fazer uso do serviço“, afirmou Castello.

Tostão de Olinda foi na mesma linha e explicou que o salário líquido de vereador é de aproximadamente R$ 9,3 mil e que os parlamentares não têm “verbas para nada”. Segundo ele, na Câmara de Olinda não há mordomias como carros à disposição, cota de combustível, verba de gabinete, auxílio paletó, etc.

“Gostaria de frisar que não houve votação, e nenhum tipo de requerimento por parte dos vereadores. Esse serviço de telefonia existe há muito tempo, desde 2017. Não sou a favor e não receberei nenhum celular. E por conta da pandemia, sou totalmente contra”, disse.

HIPÓCRITAS – O posicionamento dos dois vereadores provocaram reações dos pares, que classificaram a atitude como um “teatrinho hipócrita”. A tendência, segundo apurou o Observatório de Olinda com cinco vereadores, é que, a partir de agora, Vinícius e Tostão amarguem um processo de isolamento dentro da Casa Bernardo Vieira de Melo.

São dois hipócritas que estão apenas querendo “jogar para a platéia”. Eles sabem que não há verba extra para absolutamente nada. Ajudamos as comunidades com recursos próprios. Para serem coerentes com esse discurso deveriam abrir mão também do salário e dos sete assessores que mantêm nos gabinetes, além de outras coisas. . . .”, disparou um vereador em off.

Eita. A temperatura parece que vai subir na Câmara mais antiga do Brasil. E a gente vai ficar acompanhando os bastidores para contar tudinho a você, leitor do Observatório de Olinda. Te cuida Vinny. Te cuida Tostão.

QUER SABER TUDO SOBRE OLINDA PRIMEIRO??? – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw Youtube

One thought to “DOIS VEREADORES DIZEM QUE NÃO UTILIZARÃO CELULARES PAGOS PELA CÂMARA”

  1. Parabéns aos dois parlamentares que se recusaram receber os novos celulares. A sociedade precisa mais do que nunca, de políticos que façam a DIFERENÇA. Hipocrisia pra mim é esquecermos que ainda enfrentamos uma crise SANITÁRIA no COMBATE a um vírus mortal e que muitos passam fome porque perderam seus empregos. Diante de tamanho problema, vivemos em tempos de LUXO? Claro que não,
    e isso, todos devem concordar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: