Skip to main content
Prefeitura de Olinda

DEPUTADO MILTON COELHO VIRA ESTOPIM DE NOVA CRISE NO PSB

As sequelas da intervenção promovida pelo diretório estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB), no ano passado, que culminou na suspensão da candidatura a prefeito de Olinda do ex-vereador Pedro Mendes (PSB) – apoiado pela instância municipal do partido – não foram superadas pela militância local e um novo episódio intervencionista reabriu as feridas no ninho socialista da Marim dos Caetés.

Na base do “rolo compressor”, o PSB estadual acaba de impor o nome do deputado federal Milton Coelho (PSB) como presidente da legenda municipal. Vista como uma espécie de “estupro antidemocrático” pela militância, a indicação do parlamentar causou revolta e desfiliações entre integrantes do partido em Olinda.

Um dos mais indignados com a postura autoritária dos socialistas foi o jornalista Carlos Selva, que escreveu uma carta com pedido de desfiliação onde acusa o PSB estadual de agir de forma “autoritária, arbitrária e antidemocrática, à revelia dos filiados” (leia o texto completo no final da matéria).

ESTRANGEIRO – Além de questionarem a intervenção aos moldes do “Stalinismo Soviético”, membros do diretório local apontam também a ilegalidade da nomeação de Milton Coelho, já que seu título de eleitor não está registrado em Olinda. “Ilegal, imoral e inaceitável”, disse em reserva um graduado “socialista histórico”.

CARTA DE CARLOS SELVA

Ao PSB – Partido Socialista Brasileiro
Att. Pedro Moura
Presidente do Diretório Municipal de Olinda/PE

Considerando a grave denúncia que foi publicada pelo companheiro Tales Vital, no Grupo de WhatsApp “PSB Olinda-PE”, ontem dia 02/03/2021, revelando que você, Pedro Moura (Presidente do PSB de Olinda-PE), informou que o partido (PSB) em Olinda seria entregue ao Deputado Milton Coelho e operado pelo seu faz tudo Guga, que está montando uma chapa da situação visando a Eleição dos novos membros do Diretório Municipal do PSB de Olinda, agendada para este ano de 2021 com o agravante que a referida chapa já está “negociada” com a Direção Estadual do PSB;

Considerando que eu “não concordo” com tal processo ditatorial, representado por decisão política tomada de cima para baixo, de maneira autoritária, arbitrária e antidemocrática, à revelia dos filiados e semelhante ao que ocorreu na Eleição 2020, quando houve a imposição e descarte da legítima pré-candidatura do companheiro Pedro Mendes à Prefeito de Olinda pelo PSB;

Considerando que agora com esta denúncia que haverá novamente outro ato antidemocrático, autoritário e ditatorial dentro do PSB de Olinda;

Considerando que tal ato não encontra respaldo no Estatuto do PSB e está contra meus princípios morais e ideais políticos, destacando também que não vejo outra alternativa a curto e médio prazo enquanto existirem esse tipo de pessoas na direção do Diretório Municipal e Estadual do PSB, que se utilizam de ações autoritárias e antidemocráticas para se perpetuarem no poder, à revelia dos filiados;

Peço a minha “desfiliação” do PSB – Partido Socialista Brasileiro.

Olinda/PE, 03 de março de 2021
Carlos Roberto d’Assumpção Selva
“Porta-voz do Povo”
RG: 1.525.443 – SDS / PE

QUER SABER TUDO SOBRE OLINDA PRIMEIRO??? – Curta nossa página no Facebook. Siga nos no Instagram e participe do grupo no ZAP.

https://www.facebook.com/observatoriodeolinda Facebook

https://www.instagram.com/observatoriodeolinda/ Instagram

https://chat.whatsapp.com/DwrQyyqBxJAAfBJ5kcGJ1n WhatsApp

https://www.youtube.com/channel/UCRiaMDDQmUXI-YJqzkl1VWw Youtube

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: