Skip to main content
Prefeitura de Olinda

DEPUTADA PRÉ-CANDIDATA A PREFEITA DE OLINDA QUER PROIBIR DANÇA SENSUAL EM ESCOLAS

A deputada estadual e pré-candidata a prefeita de Olinda Clarissa Tércio (PSC),  apresentou um projeto de lei na Assembleia Legislativa de Pernambuco que, caso aprovado, proíbe apresentações de dança que exponham crianças e adolescentes à sexualização precoce.

O PL 4966/2019 faz a recomendação para as escolas de todo o estado, proibindo “danças em eventos e manifestações culturais cujas coreografias sejam obscenas, pornográficas, ou exponham as crianças e adolescentes à erotização precoce”.

Blog Observatório de Olinda
Clarissa Tércio alerta para os danos à formação e à dignidade das crianças

A deputada afirma que a “erotização precoce é fator responsável diretamente pelo aumento da violação da dignidade sexual de mulheres e também dos casos de estupro de vulnerável”. Para ela, as escolas devem combater os estímulos à erotização infantil, inclusive manifestações culturais pernambucanas, que tenham coreografias que aludam a prática de relação sexual ou ato libidinoso.

NOSSA OPINIÃO – Para o Observatório de Olinda, a deputada está certíssima. A partir da chamada “redemocratização da República”, em 1985, deu-se uma escalada da sexualização de crianças de maneira precoce, uma espécie de “liberou geral”, principalmente nos Anos 90, com as “dancinhas da garrafa” e axé afins.

Atualmente, a “praga” dos funks, batidões e o tal forró da fuleragem são elementos nocivos à formação das crianças, que crescem impregnadas do que há de pior com o machismo, a total vulgarização da mulher e a banalização do sexo.

O resultado já sabemos: Pedofilia, aumento do número de estupros, gravidez precoce na adolescência e o crescimento de doenças como a Aids. É um crime submeter uma criança a este tipo de estímulo. Esperamos que o projeto seja aprovado por unanimidade!!!

One thought to “DEPUTADA PRÉ-CANDIDATA A PREFEITA DE OLINDA QUER PROIBIR DANÇA SENSUAL EM ESCOLAS”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: