Skip to main content
Prefeitura de Olinda
Prefeitos de Olinda

APÓS DESMANDOS DE COMUNISTAS FUNESO FECHA AS PORTAS

O legado negativo de 16 anos de gestão comunista em Olinda continua aparecendo. O Ministério da Educação informou que os cursos de graduação e pós-graduação da Fundação de Ensino Superior de Olinda (Funeso) e União das Escolas Superiores da Funeso (Unesf) foram desativados e descredenciados. Diplomas considerados ilegais foram emitidos durante os governos Luciana Santos e Renildo Calheiros (PCdoB), provocando agora a morte da instituição.

O encerramento das atividades foi determinado pela Portaria 907/2018, publicada no Diário Oficial da União (DOU) quarta-feira (26). De acordo com o documento assinado pelo secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Sílvio Cecchi, os estudantes que não tiverem condições de realizar a transferência da Funeso/Unesf para cursos de instituições regulares, ficam ressalvados os direitos dos matriculados à conclusão dos cursos, que serão reconhecidos para fins de expedição e registro dos diplomas.

A decisão do MEC ocorreu depois de inúmeras denúncias e comprovação de irregularidades na realização de cursos de extensão (oferecidos como de graduação) não autorizados pelo Ministério da Educação, ministrados em municípios do Interior de Pernambuco e outros Estados do Nordeste (fora da sede da Funeso/Unesf, em Olinda) e emissão de diplomas ilegais.

A Funeso-Unesf ainda pode recorrer da decisão apresentando recurso à Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE) no prazo de 30 dias a contar da notificação da instituição.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: