Skip to main content
Prefeitura de Olinda

OLINDA PROÍBE VENDA DE CANELA EM PÓ COM PELO DE RATO

Seguindo parecer emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Secretaria de Saúde de Olinda emitiu um alerta sobre interdição cautelar da canela em pó da marca Santa Bárbara e proibição do comércio do azeite de oliva extra virgem da marca Torres de Mondego. Os dois produtos não podem ser vendidos porque foram detectadas irregularidades como a presença de pelos de ratos na canela.

Nestes tempos de Festas Juninas as donas de casa e os comerciantes que vendem canjica, arroz doce e outros produtos que utilizam a canela em pó devem ficar com atenção redobrada. O lote com problemas foi produzido pela empresa Comercial Santa Bárbara Franca Ltda, com fabricação em 02/08/2017. O Laudo de Análise Fiscal Definitivo da Anvisa acusou presença de fragmentos de pelos de roedor no produto.

Já em relação ao azeite o lote irregular é o de fabricação 02/2016, data de validade 02/2018, importado por Trust Trade Importação e Exportação Eireli. O Laudo de Análise Fiscal Definitivo acusou resultado insatisfatório para os parâmetros: características sensoriais, perfil de ácidos graxos, determinação de ácidos graxos poliisaturados, absorção no ultravioleta e determinação de acidez e análise de rotulagem.

Os produtos devem ser recolhidos das prateleiras imediatamente do comércio. Caso o consumidor encontre estas marcas à venda devem denunciar a empresa à Secretaria de Saúde de Olinda ou de outros municípios para que os mesmos sejam retirados de circulação.

http://www.facebook.com/observatoriodeolinda

VISITE NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: