Skip to main content

BOLSONARISTAS PREGAM BOICOTE AO BLOCO EU ACHO É POUCO

As últimas eleições presidenciais no Brasil terminaram em 28 de outubro de 2018 com a eleição de Jair Bolsonaro (PSL). Mas em Olinda, a disputa “Esquerda X Direita” ainda não acabou e vai entrar pelo Carnaval, em março.

Grupos de apoiadores do presidente-capitão estão pregando boicote ao Grêmio Lítero Recreativo Cultural Misto Carnavalesco Eu Acho é Pouco. A polêmica é por conta do “viés ideológico” de dizeres “pró-Lula” e frases como “Eu acho que esse bloco é comunista”, estampados na nova camisa do bloco.

“Respeitamos a liberdade de pensamento e o pluralismo de opiniões. Mas, ao mesmo tempo, por questão de coerência, alertamos que quem votou em Bolsonaro não pode compactuar com a ‘ideologia’ deles, já que ela está em conflito direto com as diretrizes do novo governo”, diz uma das mensagens que circulam pela internet contra o tradicional bloco olindense.

Do outro lado, com ou sem boicote, a agremiação já começou a vender copos, sacolas, botons e as polêmicas camisas, cada uma ao preço de R$ 50,00 (cinquenta reais) em dinheiro ou débito. Na peça é possível ler as seguintes frases: “Jesus da Goiabeira, Acho que Só Iemanjá Salva, Somos Resistência, Família é diversidade, Eu Acho que Dako é bom, Legalize Já, Lula Livre, Foi Golpe, entre outras pérolas “de esquerda”.


É. Olinda tem dessas coisas. . . . . E pelo visto o Brasil só começará a funcionar mesmo “depois do Carnaval”.

Imagem da camisa da discórdia!!!

Polêmica no Carnaval

11 comentários em “BOLSONARISTAS PREGAM BOICOTE AO BLOCO EU ACHO É POUCO

  1. O Eu Acho é Pouco sempre foi de esquerda. Desde o fim da década de 70, quando ainda era Ditadura. E se mostrou ainda mais, nos últimos anos, se colocando contra o golpe travestido de impeachment, pelo Fora Temer e contra a prisão de Lula. Eu já achava que a direita já sabia disso e já não frequentava o bloco há um bom tempo. Bem, garanto que falta não fazem. A maioria nem frequentava ou frequentaria, mesmo…

  2. É, no mínimo, interessante ler o termo “esquerda X Direita”, só não consigo enxergar dessa forma, pelo fato de não conceber ser a tal esquerda páreo para o BEM que a Direita já faz ao BRASIL VERDE e AMARELO em apenas 30 dias de trabalho. Explico: Nesse LIXO de camiseta se lê “somos resistência” – Resistência a um Governo Legítimo, onde a maioria dos eleitores optaram por acabar com ANOS de DESVIOS, DESMANDOS e DESRESPEITO ao país? Essa eu quero ver! “amamos revolução” – Ama naaaaaada, se amasse ia para Cuba, ou ainda por que não formam um “grupinho” e vão para Caracas apoiar o Maduro? “Foi golpe” – Essa é hilária, três anos se passaram do processo que contou com espaço para a AMPLA DEFESA e CONTRADITÓRIO e que culminou no impeachment da tal (sic) “presidentA” e ainda não cansaram?! “lula livre” – Eu li isso? Querem mesmo um BANDIDO CONDENADO e com OUTRAS CONDENAÇÕES a caminho, livre?
    Só posso concluir que quem tiver BOM SENSO não vai nem passar por perto “disso” aí!

    1. A galera quer mudar o bloco.
      Quem conhece a história do bloco sabe a sempre foi um bloco formado por pessoas de esquerda, SEMPRE. Aí virou moda e muitos se doem, mas o bloco é de Esquerda, e pronto.
      Quem não gostar é só não sair nem comprar.
      Eu comprarei, adoro o bloco e sempre acompanho, há muitos carnavais.

    2. Pessoas que apresentem menos de dois neurônios funcionais, realmente devem boicotar o bloco. Que tal fazer arminha com as mãos em outra paragem? Essas argumentações, se é que posso assim chamar, são tão imbecis quantos os que as defendem.

  3. esse bloco é uma merda, curto e brinco meu carnaval em Olinda, e nunca tive o prazer de ir atrás dessa porcaria, carnaval é isso, você vai atrás do bloco que você gosta, prefiro um homem da meia noite do que uma porcaria dessa!!!

    1. Obrigada, Sandro Brandão, por nos poupar da sua presença desagradável. Espero que o Homem da Meia Noite seja o próximo a chutar você pra longe de Olinda.

  4. Olinda tem u carnaval democrático,não combina com o bolsonarismo radical.Eu Acho é Pouco,assim como outros blocos há pessoas dos dois lados.Quem tem ideologia é quem entende o que fala,o bolsonarismo não é ideologia,é ódio ao PT,aos homossexuais,aos negros,aos índios,aos pobres,a favor de armas e da violência como solução.Há pessoas que votaram em Bolsonaro e não são bolsonaristas,apenas se iludiram,então,os verdadeiros bolsonaristas vão sofrer no carnaval democrático de Olinda,pois,esta cidade é de todos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4469