Skip to main content

ZÉ ARNALDO DIZ QUE ATAQUES A MORO VISAVAM FREAR A LAVA JATO

Sempre atento aos movimentos políticos nacionais, sem jamais esquecer a sua “paróquia”, o ex-prefeito de Olinda, José Arnaldo, fez os seguintes cometários sobre o recente episódio de criminosa invasão e divulgação de supostas conversas extraídas ilegalmente de celulares do Ministro da Justiça Sérgio Moro e procuradores que atuam na Operação Lava Jato.

“É a guerra política em pleno curso.
Os comunoglobalistas submissos aos metacapitalistas de George Soros e à aliança Sino/Russa/Islâmica têm o Brasil como base estratégica à propagação da Nova Ordem Mundial deles perante os povos da Terra.

Para tanto se faz necessário o mais pleno e absoluto assassinato de reputações, sobretudo dos heroicos agentes públicos que estão encarcerando corruptos de toda natureza: burocratas públicos e privados, políticos, empresários, POLÍTICOS, et caterva.

O governo Bolsonaro, no grosso, e a Operação Lava Jato, no varejo, são os alvos dessa cambada de comunistas que não aceitam a derrocada política e moral a que foram submetidos irreversivelmente pela maioria dos brasileiros do Bem nas últimas eleições”.

Não passarão !
Democracia direta !
Minha Rua, meu Condomínio!


José Arnaldo Amaral, ex-prefeito de Olinda.

 

PS Observatório de Olinda. Se o objetivo do “vazamento” ilegal dos supostos diálogos do então juiz Sérgio Moro era enfraquece-lo no Governo Bolsonaro, o tiro parece ter “saído pela culatra”. Ontem (11) mesmo ele foi condecorado pelo presidente da República, em evento da Marinha. Parece que está mais forte do que nunca.

2 comentários em “ZÉ ARNALDO DIZ QUE ATAQUES A MORO VISAVAM FREAR A LAVA JATO

  1. Ao ser levado de volta para a prisão, José Dirceu, condenado no âmbito da Operação Lava Jato, foi enigmático ao afirmar que “o vulcão iria entrar em erupção”.
    Pouco tempo depois o site esquerdista The IntercePT, publica uma série de conversas entre membros da Operação Lava Jato, fruto de invasões ilegais nos celulares das autoridades judiciárias.
    Ao mesmo tempo, a mídia noticia que um hacker investigado pela Polícia Federal ocupava um imóvel ‘alugado’ ao mesmo José Dirceu.
    Está desvendado o enigma do ex-terrorista.

  2. É verdade que o intento seria “enfraquecer”, não só o Ministro Sérgio Moro, como o próprio Governo Federal, que vem, de forma estrategicamente precisa, acumulando acertos e vitórias em seus projetos para o País (hoje, após mais de 34 anos, voltando a ser, orgulhosamente, escrito com “P” maiúsculo), mas o que eles têm como “ponto de honra” é soltar o CRIMINOSO condenado, mais por vaidade do que qualquer outro motivo, pois como bem afirmou o meu amigo Zé Arnaldo, “A cambada comunista não aceita a derrocada política e moral que foram submetidas irreversivelmente pelos brasileiros do bem” e, arrisco afirmar, que continuaremos a dizer NÃO a esses “amigos do alheio”, que se julgam os (sic) donos do Brasil. Talvez tenham decidido partir para o “vale tudo” contra a Operação Lava Jato, que venham!
    NÃO PASSARÃO!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: