Skip to main content
Blog Observatório de olinda

SECRETÁRIA DE SAÚDE PEDE DEMISSÃO E MÉDICOS DENUNCIAM PRECARIEDADE AO MP

Ainda não é oficial, mas fortes rumores que circularam na Prefeitura de Olinda, ontem (08), indicam que a secretária de Saúde Emília Gonzalez entregou o cargo ao prefeito Lupércio. O motivo do pedido de demissão, porém, não foi esclarecido, ainda. Com a sua saída, em pouco mais de dois anos, a atual gestão terá o seu quarto secretário de Saúde, demonstrando que a situação não está nada fácil na pasta.

Os médicos da Prefeitura de Olinda que o digam. Enquanto a secretária se demitia, o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) participava de audiência pública na Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Saúde do Ministério Público para denunciar a precariedade no atendimento prestado à população.

Os profissionais de saúde afirmaram que exercem suas atividades em unidades sem as mínimas condições de trabalho – desabastecimento de medicamentos, sem local adequado para refeição, sem água e insumos em geral. Além disso, dizem, torneiras estão quebradas e os sanitários inadequados, em quase todos os postos.


INSEGURANÇA – Eles criticaram, especialmente, o (não) funcionamento do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) de Peixinhos, que hoje apresenta grande déficit de profissionais, sobrecarga de trabalho, insegurança e falta de medicamentos.

Os problemas não são mais novidade para a população, que sofre para receber atendimento. “Está um verdadeiro caos. Resta pedir a Deus para não precisar do serviço de saúde. Algumas consultas estão sendo marcadas para daqui a seis, oito meses. A pessoa morre e não é atendida”, queixou-se a vendedora Maria Isabel Lima, moradora do Jardim Brasil II.

3 comentários em “SECRETÁRIA DE SAÚDE PEDE DEMISSÃO E MÉDICOS DENUNCIAM PRECARIEDADE AO MP

  1. Entra ano e sai ano e essa questão da Saúde, que deveria ser prioridade continua do mesmo jeito. Lembro quando o presidente Jair Bolsonaro estava se restabelecendo de sua terceira cirurgia, falou nas redes sociais que iria olhar com carinho para a questão da saúde pública, meses se passaram e nada até agora foi feito, nem por ele nem pelo ministro da pasta. É lamentável que o povo continue morrendo nos corredores dos hospitais, e postos marcando consultas para seis, oito meses e até um ano. Que descaso triste é esse? Por favor políticos, acordem pelo menos para a saúde. Ontem (8), um ministro falou que, o buraco da Previdência está engolindo o Brasil, é preciso que alguém, pelo menos do ministério da Saúde, enxergue que além do buraco que o país se encontra, também está muito doente precisando de socorro. O Povo já não aguenta mais!!!

  2. É notório o desbragado populismo impregnado na atual administração de Olinda, a exemplo das ridículas aparições do prefeito travestido de exterminador de mosquitos, fazendo farra de pão doce com assessoras no próprio gabinete, etc,etc.

    Lamentáveis procedimentos, além de impingir vergonha alheia nos munícipes demostram cabalmente a total ignorância do burgomestre com relação à liturgia do cargo de chefe do Poder Executivo Municipal da Cidade Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade.

    Tudo isso reverberando no caos instalado na saúde, educação, política do funcionalismo, obras públicas, e quejandos – e o mais de incompetências lançadas sobre os céus e as terras da Mágica Olinda sob mando da iniquidade e inépcia desse arremedo de político oligarca/carreirista/ patrimonialista.

    Lamenta-se constatar : para infelicitação de todos os olindenses, essa pífia gestão fracassou no grosso e no varejo,

    Que venha 2020 !

  3. Nada de novo no front.

    Populistas e políticos profissionais, imergidos na demagogia dos cargos, jogam no lixo chamado carnaval milhões do erário público, mas para os serviços essenciais, falta o essencial:

    DESPEITO…

    Respeito por todos os olindenses!

    Respeito pelas prioridades que propiciam dignidade as pessoas!

    Respeito por todos que esperam mais seriedade, profissionalismo e dedicação a melhor a vida das pessoas.

    Espero que diante de tanto descaso, falta de gestão e decência, para 2020 possamos ter representantes melhores, seja no executivo, seja no legislativo, pois nossa Marim dos Caetés há muito não tem tido sorte com os políticos que elege.

    Uma tragédia que se abate sob todos nós…e se repete.
    🌴⛪🎋

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: