Skip to main content

RENILDO É PROCESSADO PELO MPF, MAS A BRONCA FICOU PARA OLINDA

Organização administrativa nunca foi “o forte” das gestões comunistas em Olinda. O desleixo no controle da máquina pública, inclusive, fez com que a cidade sofresse muito com as obras inacabadas que se arrastavam por anos. Mais cedo ou mais tarde, porém, a conta da incompetência um dia chega. E esse dia foi hoje (21), quando o Ministério Público Federal (MPF) anunciou que o ex-prefeito Renildo Calheiros será processado por irregularidades na prestação de contas de dinheiro do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O MPF alega que em 2011 o município recebeu R$ 1,437 milhão para aplicar no Programa Nacional de Inclusão Jovem (Projovem) Urbano. O prazo final para prestação de contas do programa foi encerrado em dezembro de 2016 sem a apresentação dos demonstrativos de como a verba foi aplicada. Agora a cidade aparece como “inadimplente” junto ao FNDE, o que poderá causar problemas na captação de recursos para projetos futuros.

Segundo o Ministério Público o ex-prefeito pode ser condenado pela Justiça Federal por crime de responsabilidade e atos de improbidade administrativa. As penas cabíveis são de três meses a três anos de detenção, no caso de condenação na esfera penal; ressarcimento integral do dano; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber incentivos fiscais ou creditícios pelo prazo de três anos.


Renildo não deve estar muito preocupado com nada disso. Antes mesmo do fim do mandato sumiu de Olinda (dizem que está em alguma praia alagoana). Já disse que agora quer iniciar a carreira de escritor e esquecer a carreira política. Eis, portanto, o “legado” deixado pelo PCdoB após 16 anos (des)mandando em Olinda. O que mais poderá vir por aí ? ? ?

Um comentário em “RENILDO É PROCESSADO PELO MPF, MAS A BRONCA FICOU PARA OLINDA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: