Skip to main content

PREFEITURA VAI INVESTIGAR FARRA DOS FALSOS ATESTADOS MÉDICOS

A Prefeitura de Olinda informou que vai investigar a denúncia de uso de falsos atestados médicos por professores para se afastarem irregularmente das salas de aula. De acordo com a nota enviada ao Observatório o levantamento utilizará a frequência do mês de dezembro para cruzar informações e identificar a fraude. Segue abaixo reprodução do informe enviado pela prefeitura.

A respeito de atestados médicos, a Diretoria de Recursos Humanos da Secretaria de Educação de Olinda informa que está realizando um levantamento dos professores que se encontram afastados por licenças médicas, tendo como referencial as frequências do mês de dezembro, enviadas pelos diretores das unidades de ensino. 

NOSSA OPINIÃO – Sinceramente, parece que a Prefeitura de Olinda não quer descobrir a verdade, pois ao dizer que vai investigar apenas o mês de dezembro (férias) está passando mais um atestado de incompetência. A fraude ocorreu durante o ano letivo. Muito estranho só analisar o último mês do ano. Talvez uma denúncia formal ao Ministério Público seja o melhor caminho para se chegar aos fraudadores.


É por isso que entre os professores é costume dizer que “Olinda é uma mãe” e “Recife uma Madrasta”; já que na Capital há o rigor necessário para conceder as licenças médicas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4609