Skip to main content

PCdoB ATRASOU EM 20 ANOS SANEAMENTO NA ILHA DO MARUIM E PREJUDICOU 30 MIL

Isto sim é o que pode se chamar de “décadas perdidas”. Olinda tomou conhecimento no final da tarde de ontem (30) de mais um legado negativo da gestão comunista Luciana Santos/Renildo Calheiros (2001-2016). Desta vez a omissão dos ex-prefeitos prejudicou mais de 30 mil moradores da Ilha do Maruim – uma das comunidades mais pobres da cidade – que nos últimos 20 anos foram obrigados a conviver com esgotos a céu aberto, lama, muriçocas, ratos e todas as doenças advindas da falta de saneamento básico. Tudo por, pasmem, puro oportunismo eleitoral.

Coube ao atual prefeito, Professor Lupércio (SD), anunciar “o destravamento” das obras, paradas desde 2005. Mas o problema é ainda mais antigo. As benfeitorias deveriam ter ficado prontas ainda na gestão da ex-prefeita Jacilda Urquisa (1997-2000), há cerca de 20 anos.

Na época, enfrentando forte oposição do PCdoB, Jacilda foi impedida de dar prosseguimento às obras porque uma “chuva” de ações judiciais foi promovida pelos opositores alegando problemas que iam desde a suposta falta de licenças ambientais até denúncias de mau uso dos recursos públicos.

CRIME – Na verdade, os questionamentos tinham apenas “objetivos políticos” para impedir que a ex-prefeita Jacilda Urquisa – candidata natural à reeleição no ano 2000 – conseguisse concluir as obras e fosse beneficiada nas urnas. Ou seja; os interesses eleitorais e oportunistas do PCdoB se sobrepuseram aos benefícios que poderiam ter sido alcançados pela comunidade. Um crime.

Na época em que o projeto foi embargado estava prevista a implantação de redes de saneamento em todo bairro e uma alça viária por dentro da comunidade que deveria diminuir os congestionamentos verificados ainda hoje na entrada da cidade. Como se sabe, na eleição de 2000 Luciana Santos derrotou Jacilda no segundo turno e o projeto foi sepultado de uma vez com os recursos sendo devolvidos ao Governo Federal.


Como inúmeras outras obras na gestão de Luciana e Renildo o projeto foi refeito e se arrastou sem conclusão até os dias atuais. A promessa do prefeito Lupércio é concluir tudo até junho, quando deverá ser implantado o sistema de saneamento, uma estação elevatória, drenagem, calçadas e a pavimentação.

A área também deverá ganhar um novo traçado viário com a Avenida Beira Canal passando a ser usada para ligar a Avenida Beira Mar até a Rua Chã Grande. A verba para finalização dos serviços é de R$ 2,7 milhões, recursos oriundos do Ministério do Turismo/Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Espera-se que desta vez o trabalho seja concluído e finalmente o povo deixe de ser vítima dos interesses mesquinhos de grupos políticos que só pensam unicamente neles próprios. Eita vida de gado!!!!

 

Um comentário em “PCdoB ATRASOU EM 20 ANOS SANEAMENTO NA ILHA DO MARUIM E PREJUDICOU 30 MIL

  1. Desejo que a Marim dos Caetés saia desse estreito com o atual prefeito Lupércio e retome o caminho do desenvolvimento, da eficiência, da solidariedade e do respeito a toda população olindense que não merece ser vítima de más administrações.

Deixe uma resposta