Skip to main content
Xambá

PAGODE DOS PLAYBOYS LISOS NÃO DEIXA NINGUÉM DORMIR NO XAMBÁ

A Prefeitura de Olinda vai ter que montar uma “força tarefa” especial para resolver os casos de perturbação do sossego provocado por estabelecimentos – geralmente irregulares – que incomodam a vizinhança. Nos últimos dias recebemos dezenas de denúncias sobre o problema, que reflete o nível de “descivilização” da cidade.

Desesperados, os moradores da Rua Capitão João Gonçalves da Luz, por trás do Terminal da Integração do Xambá, informam que, há muito tempo, não têm o direito de dormir nos finais de semana. No local funciona o antigo “Pagode dos Playboys Lisos”, organização responsável pela insônia coletiva da comunidade.

“Se vocês quiserem saber o que é tortura, é só vir aqui a partir de sexta-feira. A gente tá vivendo como zumbis, sem poder dormir à noite. No dia seguinte fica todo mundo feito morto-vivo, cansado, irritado com tudo por causa da noite mal dormida. Alguma autoridade deve existir para coibir este crime”, disse em prantos uma moradora da área, que não se identificar com medo de represálias.


ARAPUCA – Além de “lisos”, os “playboys” que frequentam local não têm qualquer tipo de educação. Os fiscais da Prefeitura de Olinda, que começou a fazer um bom trabalho para coibir estes abusos nos últimos dias, bem que poderiam fazer uma visitinha de cortesia ao dono do estabelecimento e aplicar-lhe uma multa ou convida-lo a ir à delegacia mais próxima. Pela foto que o denunciante enviou dá pra ver que o “pagode” é uma arapuca pior que a Boate Kiss.

Um comentário em “PAGODE DOS PLAYBOYS LISOS NÃO DEIXA NINGUÉM DORMIR NO XAMBÁ

  1. Para cada tentativa de civilizar o povo, surgem dez obstáculos em contrário. É impressionante o mau gosto das musicas tocadas nesses pagodes e nos “rala-coxa” por aí afora! Uma coisa é engraçada e vai de encontro a toda uma teoria que precisa ser revista, caso haja a comprovação de que alguém consegue um romance no “pagode dos playboys lisos” (risos).
    Mas, seriamente, é preciso que, antes que se torne o que assistimos no sudeste do país, seja intensificada a fiscalização nesses locais. Digo isso porque nessa semana rolou um vídeo na internet, num amanhecer de um baile funk, onde “playboys” armados passeavam em carros e motos de luxo destroçadas, incendiadas propositadamente. Se vê carros com mais de 20 elementos sentados na capota toda pisoteada, no capô e porta-malas (lugar ideal para eles), carros que certamente foram tomados de assalto ou furtados para o “evento”. Relato essa preocupação porque, por incrível que nos pareça, trata-se de um sério problema social, cujas consequências podem ser as mais desastrosas possível, pois o “playboy liso”, quer impressionar e buscará todas as formas ao seu alcance para atrair as “boysinhas”, com as quais vai namorar de forma irresponsável, sem qualquer prevenção, vindo contrair DST e a procriar! Porém, quando se arrependem será tarde e os novos “futuros playboys”, carecem de amparo, muitas vezes advindo do governo, pois os pais sequer conseguem se manter e daí em diante os problemas só tendem a aumentar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: