Skip to main content

NOVOS ARRASTÕES E TERROR NA NOITE DE OLINDA

As cenas de terror promovidas por hordas de marginais no Carnaval voltaram a se repetir na noite de hoje (26) com arrastões e brigas de galeras ao longo da beira-mar do Bairro Novo e de Casa Caiada. A arruaça começou por volta das 19h, horário de muito trânsito na Avenida Ministro Marcos Freire, e aterrorizou motoristas, moradores e as pessoas que estavam no calçadão e nos restaurantes.  Dois adolescentes envolvidos na baderna foram espancados por populares até a chegada da Polícia Militar.

No momento da confusão alguns integrantes das galeras tiveram que se lançar ao mar para não serem mortos pelos rivais. “Parecia um formigueiro de tantos maloqueiros correndo e gritando. Os que entraram no mar ainda foram perseguidos e quem estava fora da água jogava pedras grandes neles. Era pra matar mesmo”, relatou um morador que não quis se identificar.

Minutos depois do levante a Polícia Militar chegou e com o apoio da Guarda Municipal conseguiu apreender oito elementos que estavam participando da balbúrdia. Estes foram para a Delegacia da Polícia Civil. Outros suspeitos foram abordados e revistados, mas como nada de ilegal foi encontrado terminaram sendo dispensados.


Apesar da rápida resposta da dos órgãos de segurança lamentavelmente o pânico tomou conta das pessoas que estavam na rua. “Eu estava caminhando e de repente me deparei com 30, 40 moleques brigando na minha frente. Achei que podia morrer ali mesmo. Ninguém aguenta mais isso”, afirmou a arquiteta Marina Cardoso, 32 anos, que terminou se refugiando em um restaurante na hora do tumulto.

Um comentário em “NOVOS ARRASTÕES E TERROR NA NOITE DE OLINDA

  1. Amigos. Aqui na Rua Olindense,próximo a integração da Pe-15,em Olinda,Jardim Fragoso,sentido cid/Sub. Loteamento Portal Norte,Os moradores estão sofrendo com a água da compesa,pois os 06 dias que passam sem água,quando chega não tem pressão,pra encher os reservatórios. Ja foram enviadas duas abaixos assinadas a compesa,pedindo a troca dos canos principal da rua,que não é compatível pra a demandas de casas e prédios que tem na rua,pois o que seria compatível e os canos de 60 milímetros. E até agora a Compesa,não nos deu nenhuma resposta. Aqui fica o descaso da Compesa. Ass. Jucélio Machado,representante dos Moradores da Rua Olindense. Contatos:996674945 ou 988082573.

Deixe uma resposta