Skip to main content

McDONALD’s VAI VOLTAR A OLINDA

Durante o “Reinado Comunista” de Luciana Santos e Renildo Calheiros à frente da Prefeitura uma unidade da rede de lanchonetes McDonald’s – um dos maiores símbolos do capitalismo mundial –  abriu e depois fechou as portas, em Olinda. Dizia-se à época, em tom de piada, que o (des)governo “da foice e do martelo” era tão ruim que Olinda tornara-se a primeira cidade do Mundo onde uma destas lojas de fast food faliu.

Na verdade não havia nada de engraçado nisso. Era o cúmulo da incompetência administrativa no setor público que refletia também na vida empresarial da cidade. E de certa maneira o fechamento da loja, que funcionava ao lado do Flat 4 Rodas, em Casa Caiada, também refletia o momento retrógrado do município.

Mas novos ventos começaram a soprar em Olinda a partir das eleições do ano passado quando os adeptos das teorias de Karl Marx foram banidos da vida da cidade e agora até o palhaço Ronald McDonald’s está voltando à Marim dos Caetés. O Shopping Patteo, que deve inaugurar em abril de 2018, anunciou que um restaurante da empresa norte-americana funcionará no centro de compras.

A volta do McDonald’s a Olinda neste momento não deixa de representar um novo tempo. Um tempo de retomada, um tempo de resgate do desenvolvimento da cidade, que ficou praticamente estagnada nos últimos 16 anos.


Sendo assim, até mesmo entre aqueles que não apreciam os alimentos oferecidos pelo restaurante amarelo e vermelho a torcida é para que desta vez ele tenha vida longa, gere empregos e impostos para o município. Que inspire a cidade a crescer e melhorar a qualidade de vida dos que aqui vivem.

Wellcome McDonald’s!!!

2 comentários em “McDONALD’s VAI VOLTAR A OLINDA

  1. Não vejo nada demais…só uma estratégia normal do mercado, principalmente pelo fato de ser um grande centro comercial que sera inaugurado com um grande fluxo de pessoas!

  2. Como você que manter a qualidade de vida da população? Oferecendo-lhes esse tipo de comida processada? Seria melhor saber um pouco mais como esta “empresa norte-americana” prepara seus alimentos para oferecer a população. Puro BUSINESS!

Deixe uma resposta