Skip to main content

MAIS SAFADEZA NA CÂMARA DE VEREADORES

Depois de tentar aumentar os próprios salários, no mês passado, a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Olinda – presidida por Jorge Federal – quer promover mais uma manobra imoral no Parlamento. Está marcada para a próxima segunda-feira (05) uma sessão extraordinária para realizar antecipadamente a eleição da Mesa para o biênio 2019/2020. Normalmente a escolha da nova Mesa só deveria ocorrer em dezembro de 2018.

Movimentos sociais da cidade detectaram na antecipação uma estratégia maquiavélica cuja finalidade é apenas manter o vereador Jorge Federal no comando da Casa Bernardo Vieira de Melo durante toda legislatura (2017/2020). Eles prometem protestar contra a medida.

“Além de ilegal, a antecipação da eleição é uma flagrante tentativa da atual mesa diretora de se perpetuar no poder. Nós do Movimento Olinda Imortal (MOI) queremos entender porque essa pressa da Câmara. Essa não é a prioridade da cidade, que precisa de saneamento, segurança, melhoria na saúde e educação. Ao invés disso, vemos os vereadores legislando em causa própria, e não em defesa do povo”, afirmou um dos coordenadores do MOI, Tiago Batista.


Para barrar a tentativa de reeleger Jorge Federal antecipadamente o MOI protocolou, ontem (02), uma ação popular na Justiça contra a antecipação da eleição. A medida, que foi acompanhada de um pedido de abertura de ação civil pública no Ministério Público, pretende barrar a manobra do presidente.

 

Um comentário em “MAIS SAFADEZA NA CÂMARA DE VEREADORES

Deixe uma resposta