Skip to main content

BIOGRAFIA DE GERMANO COELHO SERÁ LANÇADA HOJE

Germano Coelho, jardins em desertos, biografia do educador e ex-prefeito de Olinda, será lançada pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) neste sábado (30), a partir das 16h, no Museu do Estado de Pernambuco, no bairro das Graças. A obra faz parte da nova coleção Perfis e foi escrita pelo contista, romancista e editor Sidney Rocha.

Paraibano, hoje com 92 anos de idade, Germano Coelho tem sua trajetória de vida marcada pela defesa da educação enquanto instrumento de transformação social. Fundou e foi o primeiro presidente do Movimento de Cultura Popular (1960), que nasceu com objetivo de pensar e planejar a educação pública do Recife a partir da orientação do então prefeito Miguel Arraes de Alencar.

Advogado, educador, humanista e pensador social católico, Germano Coelho foi prefeito de Olinda por duas vezes (1977/1982 e 1993/1996) sendo o grande articulador que assegurou o município o título de Cidade Patrimônio da Humanidade, concedido pela Unesco em 1982.

A obra percorre momentos importantes da vida de Germano, como a infância no estado vizinho, o período de estudos na Europa, que germinou nele as ideias de engajamento social, sua profunda relação com a cultura, o período enquanto secretário de Educação de Pernambuco – nome escolhido pelo recém-eleito governador Miguel Arraes – e o objetivo de erradicar o analfabetismo no Estado, os pesados anos de repressão e sua relação com a cidade de Olinda.

Perfis tem como proposta apresentar a vida e o legado de pernambucanos ilustres a partir de narrativas mais autorais, indo além da mera sucessão de dados cronológicos ou de relatos jornalísticos e documentais. E em Jardins em desertos, as lembranças de Germano Coelho estão presentes em longos depoimentos, dando substancial colaboração ao texto de Sidney Rocha, que não abriu mão de sua perspectiva de escritor.

Foram anos e inúmeros encontros – em um trabalho de constância e de paciência, como o próprio Sidney Rocha pontua – para que a biografia fosse concluída. Entre os obstáculos enfrentados, um acidente vascular cerebral (AVC) sofrido por Germano Coelho e o tempo necessário para a lenta recuperação.


“Germano Coelho é um homem que marcou um tempo, o tempo dos direitos humanos; um intérprete de um Brasil que buscava saída para os grandes problemas e que nunca perdeu o sentido de brasilidade”, afirma Sidney Rocha.

Serviço:

Lançamento de Germano Coelho, jardins em desertos

Quando: 30 de novembro, sábado
Horário 16h
Local: Museu do Estado de Pernambuco (Mepe)
Endereço: Avenida Rui Barbosa, 960, Graças

Valor do livro: R$ 40,00 (impresso) e R$ 12,00 (E-book)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4469