Skip to main content
Blog Observatório de Olinda

JOÃO PAULO NÃO PODE SER CANDIDATO A PREFEITO DE OLINDA

Filho legítimo e um dos principais frutos da Era Petista no Brasil, o ex-prefeito do Recife (2001-2008) e atual deputado estadual João Paulo foi condenado em segunda instância a devolver R$ 18 milhões aos cofres públicos e está inelegível. Ele já havia transferido o domicílio eleitoral para Olinda a fim de tentar pegar o lugar de Lupa no Palácio dos Governadores , mas, por enquanto, está fora da disputa.

Desta forma, não teremos mais o clássico Jampa X Lupa, no ano que vem. O ex-metalúrgico foi condenado por ter metido “os pés pelas mãos” na contratação de consultoria da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnologia – a famosa Finatec – realizado pela bagatela de R$ 19,8 milhões, sem licitação, quando prefeito do Recife.

O polêmico contrato teve dois termos aditivos e era voltado à prestação de “serviços de consultoria técnica” à Prefeitura do Recife, entre 2002 e 2005. Na teoria previa qualificação gerencial do modelo de atendimento dos gabinetes, capacitação de servidores, assessoria no acompanhamento e na avaliação de projetos estratégicos de governo e sistema de atendimento ao público. Negócio de “1º Mundo”.

No ano passado (2018), Jampa já era considerado “Ficha Suja” e só conseguiu sair candidato a deputado estadual por força de embargos infringentes – recursos utilizados pelo réu quando não concorda com uma decisão no processo. Por enquanto, João Paulo – atualmente abrigado no PCdoB – é menos um na disputa em Olinda.

Ainda bem, pois, as finanças de Olinda não aguentam um governo com DNA petista!!!

Com informações do Blog Olinda Hoje

Um comentário em “JOÃO PAULO NÃO PODE SER CANDIDATO A PREFEITO DE OLINDA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4469