Skip to main content

PREPAREM O BOLSO: IPTU 2019 VIRÁ COM AUMENTO DE 4,56%

Não demora e a Prefeitura de Olinda vai começar a enviar à casa dos contribuintes o carnêzinho do Imposto Predial Territorial Urbano, mais conhecido como IPTU. Na a edição 2019 o vencimento inicial será no dia 11 de fevereiro – com acréscimo de 4,56%. O reajuste foi definido com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) verificado entre novembro de 2017 e outubro de 2018.

Quem optar pela cota única terá um desconto de 30%. Parcelando em dez vezes, o abatimento é de 10% no valor original do imposto. Mas para se beneficiar dos descontos o contribuinte deverá estar em dia com os pagamentos de anos anteriores.

Para facilitar a vida dos inadimplentes, a Prefeitura realiza um mutirão para que quem tem dívidas com o tributo possa pagar os valores à vista ou realizar parcelamento. A ação vai até o dia 30 deste mês. Quem aderir consegue até 100% de abatimento nos juros e multas.


De acordo com a prefeitura, a expectativa é aumentar em até 6% a arrecadação. A cidade tem 130 mil imóveis registrados, sendo que oito mil estão isentos de pagamento de IPTU.

Um comentário em “PREPAREM O BOLSO: IPTU 2019 VIRÁ COM AUMENTO DE 4,56%

  1. Li a notícia com um misto de decepção e revolta, pois moro na rua Gastão Vilarim, em Jardim Atlântico, onde os únicos serviços públicos disponíveis são a iluminação (já paga na conta luz) e a coleta de lixo. O logradouro não tem calçamento e por isso tornou-se depósito de metralha, oriundas das reformas que os moradores das ruas calçadas próximas fazem em suas residências, além de sanitário a céu aberto dos cachorros dos moradores das ruas. Alguns, educadamente, recolhem as fezes de seus animais. Outros, quando reclamados, ladram alegando que a rua é pública.
    Sr. Prefeito, já que o imposto vai aumentar, que tal retribuir os moradores com a pavimentação da rua, incluindo a transversal, Trav. Manoel Graciliano de Souza. Seria também uma homenagem ao professor Gastão Vilarim, um dos maiores educadores de Olinda. As duas artérias, juntas, dão cerca de 500 metros.
    É muito pouco para um Prefeito que também é professor.
    Fica o pedido/sugestão. Espero que o prefeito coloque sua lupa no mapa e veja que o problema é de fácil solução.

Deixe uma resposta