Skip to main content

INDÚSTRIA DE MULTAS VAI MUITO BEM EM OLINDA

Em tempos de crise econômica os governos (municipal, estadual e federal) fazem qualquer coisa para arrancar um pouco mais de dinheiro do bolso do cidadão. No que pese a suposta “boa intenção” de diminuir o número de acidentes de trânsito com a instalação de radares nas ruas das cidades, a falta de sinalização indicativa destes equipamentos em alguns lugares de Olinda nos fazem desconfiar que o único objetivo deles é ser mesmo uma espécie de caça-níqueis para a Prefeitura.

Os dois “pardais” instalados na Avenida Ministro Marcos Freire – o primeiro no início da via, no Bairro Novo, e o segundo após a Praça Duque de Caxias, em Casa Caiada – não têm praticamente nenhuma sinalização e tem multado muitos desavisados.

“A gente que passa no local todo dia já sabe onde eles estão. Mas o motorista que não anda por aqui corre sério risco de ser multado porque não tem indicação da fiscalização eletrônica”, disse o aposentado Carlos Alberto Neves, vítima dos pardais duas vezes.


Os radares da Avenida Ministro Marcos Freire (Beira Mar) foram instalados há dois anos quando a Prefeitura concluiu as obras de urbanização de toda via, desde o Bairro Novo até a Ponte do Janga. Na época a sinalização estava mais clara (no chão e em placas verticais). Hoje não existe mais.

“Já fui multada três vezes aqui nesse mondrongo que eles instalaram antes do Colégio Dom. É uma vergonha. Se a intenção fosse educar, a sinalização seria bem mais evidente. Mas a caixa onde eles instalam as câmeras é cinza e preto. Exatamente para a gente não perceber. Como não tem sinalização entrei na Justiça para derrubar as multas”, afirmou a dona de casa Daniela Sampaio.

Deixe uma resposta