Skip to main content

GM APREENDE ATÉ CHARRETE NO CALÇADÃO DA PRAIA DO BAIRRO NOVO

A presença da Guarda Municipal de Olinda (GM) em pontos estratégicos da cidade tem representado um importante reforço na segurança pública do município. Mesmo com algumas limitações impostas pela legislação a GM tem cumprido bem o papel de reprimir ou inibir pequenos delitos, melhorando a sensação de segurança da população. Ontem (12), por exemplo, a Guarda atuou no ordenamento da orla e chegou a apreender uma charrete que trafegava no calçadão, além de recolher linhas de pipa com cerol e orientar ciclistas a não andar de bicicleta no espaço destinado aos pedestres.

“É muito importante o trabalho que os guardas fazem aqui. Infelizmente as pessoas não têm limite pra nada. O brasileiro é mal educado e um transgressor nato. Do mais escolarizado até o analfabeto. É comum a gente ver aqui bicicleta no calçadão e pedestre correndo na ciclovia. Tudo ao contrário. Esse trabalho de orientação que os guardas fazem merece o elogio da população”, afirmou o aposentado Gilsério Nascimento.

As ações da GM fazem parte da Operação Orla Segura, coordenada pela Secretaria de Segurança Urbana. O trabalho foi iniciado há aproximadamente seis meses e conta com o apoio da Polícia Militar de Pernambuco. Todo final de semana a Guarda realiza o vídeo monitoramento da área a partir da Base Comunitária Móvel identificando atitudes suspeitas por meio de imagens capturadas por câmeras de longo alcance.

2 comentários em “GM APREENDE ATÉ CHARRETE NO CALÇADÃO DA PRAIA DO BAIRRO NOVO

  1. Palmas para a Prefeitura de Olinda! Agora o que o Prefeito Professor Lupércio precisa melhorar e com MUITA URGÊNCIAé o atendimento nos Postos de Saúde. Chamem os médicos cubanos e cumpram com a promessa de melhorias na saúde!

  2. Só falta fiscalizar os bikemaníacos que invadem a avenida beira-mar, de manhã, no horário da interdição, colocando em risco a segurança física de caminhantes e corredores. Apesar de existir a ciclovia, muitos bikemaníacos preferem andar na avenida e até no calçadão.

Deixe uma resposta para ANTONIO NETO Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4609