Skip to main content

DATA MAGNA DE PERNAMBUCO: MAIS UM FERIADO INÚTIL

Primeiro de tudo: nenhum pernambucano minimamente escolarizado desconhece a importância da Revolução de 1817, o que ela representou – e simboliza até hoje. Mas transformar o Dia 06 de março em feriado estadual é uma apelação “terceiro-mundista” que provoca prejuízos econômicos para um estado frágil economicamente.

Dentro do espírito revolucionário de 1817 a Prefeitura de Olinda deveria seguir o exemplo da vizinha Paulista, que se “insurgiu” contra o inoportuno feriado e transferiu a data para o dia 29, a fim de que coincidisse com a Semana Santa. Desta forma evitou o fechamento das escolas, do comércio e dos órgãos públicos.

“Acho importante lembrar 1817. Mas ao invés de decretar feriado seria muito mais importante levar o assunto de forma correta para dentro das salas de aula. As pessoas não se dão conta dos danos causados à economia. Em países como os Estados Unidos os feriados são poucos e em datas importantes como Independência, Ação de Graças e Natal. Aqui, além dos nacionais, estados e municípios se encarregam de sempre arranjar mais um motivo para ‘celebrar’. Um abuso”, afirmou o professor de história Marcos Cárdenas.

Com o feriado caindo em uma terça-feira, como aconteceu este ano, o prejuízo é ainda maior. Alguns órgãos fecharam na sexta-feira da semana passada, “imprensaram” a segunda-feira e só voltam às atividades amanhã. Ou seja; quase uma semana de “férias”. É Brasil!!!

2 comentários em “DATA MAGNA DE PERNAMBUCO: MAIS UM FERIADO INÚTIL

  1. Vale destacar que Lei Federal prevê, entre os feriados oficiais, o referente à DATA MAGNA do Estado.

    Pernambuco era um dos poucos que ainda não tinha definido a sua. Há alguns anos, após análise dos eventos que marcaram a História de Pernambuco, inclusive com consulta popular, a deputada Terezinha Nunes apresentou projeto estabelecendo o dia 6 de março, data do início da Revolução Pernambucana de 1817, como a Data Magna de nosso Estado.

    Após a aprovação do projeto e sua sanção pelo governador, o deputado Antonio Moraes, cedendo a pressões de um grupo de empresários, principalmente do Clube de Diretores Lojistas, apresentou projeto estabelecendo que a comemoração da Data Magna seria realizada no domingo seguinte ao dia 6 de março. E assim foi feito, tornando inócua a lei estadual que, seguindo a legislação federal, estabelecia o feriado.

    Recentemente um novo projeto foi apresentado, desta vez pelos deputados Terezinha Nunes e Isaltino Nascimento, regatando os princípios da lei original, dentre ele a decretação do feriado em 6 de março, e tal projeto foi aprovado. Este foi o primeiro ano a ser observado.

    Portanto, se trata de um feriado previsto em lei federal e especificado em lei estadual.

  2. Nunca é tarde para o reconhecimento de datas memoráveis em nosso país e, em especial, no nosso abençoado Estado de Pernambuco. Viva a Revolução de 1817!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4609