Skip to main content
Observatório de Olinda

CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS DEVEM SER VACINADAS EM CASA

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começou ontem (10). Em Olinda, crianças que têm necessidades especiais ou algum tipo de deficiência deverão ser vacinadas em casa, por sugestão do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente – já acatada pela Secretaria Municipal de Saúde e pelo Ministério Público de Pernambuco.

A iniciativa partiu da coordenadora geral dos Conselhos, Cláudia Roberta Cordeiro de Moura. De acordo com ela, muitas vezes os pais de crianças especiais não têm condições de leva-las aos postos de saúde e elas terminam ficando sem a cobertura vacinal.

“As vacinas não são uma demanda mensal, mas ocorrem em um período espaçado de tempo. Sendo assim, é perfeitamente possível que o poder público se organize a fim de atender a demanda desta parcela da população”, explicou a conselheira. A recomendação é válida não apenas para a vacina contra a gripe, mas inclui todas as demais imunizações previstas.


Para ter acesso ao serviço,os pais das crianças com necessidades especiais deverão comparecer ao posto de saúde mais próximo da sua residência levando o cartão de vacinas do paciente e preencher um cadastro para que a equipe técnica da Secretaria de Saúde possa programar a vacinação residencial.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: