Skip to main content

CORRUPÇÃO E INCOMPETÊNCIA MATARAM MOTOQUEIRO NA PE-15

Os buracos, a escuridão e a falta de sinalização horizontal na pista são as prováveis causas do acidente que matou o motoqueiro Josué Ferreira da Silva Júnior, atropelado por um caminhão, na última quinta-feira (08), embaixo do Viaduto Luiz Delgado, no Complexo de Salgadinho, Olinda.

Ele era vendedor, tinha 25 anos e estava acompanhado da esposa, com quem havia casado há seis meses. A vítima das péssimas condições da estrada – tantas vezes denunciada pelos órgãos de imprensa – seguia em direção a Paulista com a mulher na garupa quando perdeu o controle e caiu. Um caminhão que vinha logo atrás acabou atingindo Josué, que morreu no local.

No acidente a esposa ficou ferida sem gravidade e foi encaminhada a um hospital particular do Recife. O perito do Instituto de Criminalística (IC), Eudo Souza, afirmou que a iluminação e sinalização precárias da via podem ter contribuído para o acidente.

Eis aí mais um fruto da incompetência e da corrupção dos nossos governos. Até quando???


PS. A rodovia é de responsabilidade do Governo do Estado de Pernambuco.

Com informações do portal OP9

Um comentário em “CORRUPÇÃO E INCOMPETÊNCIA MATARAM MOTOQUEIRO NA PE-15

  1. Tenho percebido há um bom tempo a falta de iluminação na localidade. Por se tratar de uma área de grande circulação de veículos, o órgão responsável pelo restabelecimento da iluminação e sinalização já deveria ter solucionado o problema.
    A morte desse jovem motoqueiro de 25 anos mostra – sem dúvida alguma – a necessidade urgente de revitalização do local. Infelizmente as soluções são tardias e motivadas apenas por situações extremas.
    Diante tamanha gravidade do acidente, a população espera que os órgãos públicos responsáveis melhore com eficiência a iluminação do Complexo o mais rápido possível, antes que novos acidentes ocorram. Os pernambucanos agradecem!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4469