Skip to main content

CONFIRMADO: NÁUTICO VAI JOGAR EM OLINDA

Conforme antecipamos com exclusividade em matéria publicada aqui no Observatório de Olinda, no dia 02 de junho ( http://www.observatoriodeolinda.com/tchau-arena-nautico-podera-jogar-em-olinda/ ), o Clube Náutico Capibaribe vai deixar de jogar na Arena de Pernambuco e passará a mandar suas partidas no Estádio Grito da República, em Rio Doce. A Prefeitura de Olinda e o clube estão finalizando entendimentos para que seja montada a infraestrutura necessária à realização dos jogos até o final de julho.

Hoje o maior impedimento para partidas oficiais é a falta de refletores. Mas o Náutico já se dispôs a levar equipamentos utilizados em um dos campos do seu Centro de Treinamento para o estádio olindense. “A negociação está avançada. Sabemos que tem tudo para serem jogos de casa cheia. Rio Doce é o bairro mais populoso de Olinda. Os bombeiros estão acompanhando as obras e a Federação Pernambucana de Futebol também”, afirmou o prefeito de Olinda, Professor Lupércio.

A expectativa da direção do Timbu é que o estádio seja liberado até o dia 29 de julho, quando o Náutico tem agendada partida da 17ª rodada contra o Criciúma. O Estádio Grito da República tem capacidade para receber até 15 mil pessoas e está localizado na principal via do bairro de Rio Doce por onde passam ônibus que cortam toda Região Metropolitana do Recife (RMR).


OFICIAL – A “gota d’água” para o rompimento do Náutico com a “Arena do Fim do Mundo” foram as condições favoráveis oferecidas pelo Governo do Estado ao Santa Cruz para que alguns jogos da Cobra Coral sejam realizados em São Lourenço da Mata. Ontem o Náutico emitiu uma nota oficial criticando o tratamento privilegiado aos tricolores e anunciou a saída definitiva da Arena.

Deixe uma resposta