Skip to main content

COMPESA DIZ QUE 43 MIL PESSOAS JÁ TÊM ÁGUA 24 HORAS EM OLINDA

A Compesa informa que mais de 43 mil olindenses já estão recebendo água durante 24 horas nas torneiras. Essa população corresponde a 31% dos bairros beneficiados com a primeira etapa do projeto Olinda + Água, que são Casa Caiada, Jardim Atlântico, Rio Doce e parte de Jardim Fragoso. A meta da empresa é eliminar o rodízio em 15 bairros de Olinda até o ano de 2021.

De acordo com a Compesa as melhorias estão sendo alcançadas por meio de um controle operacional mais eficiente que considera parâmetros como vazão, pressão e tempo de abastecimento, além do combate a vazamentos e perdas de água. Esse trabalho está permitindo colocar mais água nas tubulações e melhorar as pressões utilizando o mesmo volume de água que o sistema já tinha disponível.

O Olinda+Água permitiu a substituição de 69 quilômetros de tubulações, só nesses quatro bairros da primeira etapa do projeto. Os investimentos também foram direcionados para a setorização do sistema, aquisição de tecnologias e implantação de dispositivos que dividiram a rede em distritos de abastecimento, além da ampliação do Centro de Reservação de Perijucã, em Jardim Atlântico.

PERDAS – “Nessa fase de melhoria do desempenho, continuamos empenhados na redução de perdas. Estamos trocando mais tubulações onde há necessidade, e as ocorrências de vazamentos resolvemos com celeridade, em até 24 horas. Temos duas equipes exclusivas para o serviço de manutenção, que inclui as investigações de vazamentos ocultos na rede”, explica a gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Cleice Brito.

De acordo com a gerente, a previsão é que, até o final deste ano, o bairro de Jardim Atlântico fique 100% fora do racionamento, e passe a receber água todos os dias. Para as demais áreas da primeira etapa do projeto já foi possível dobrar a oferta de água, em menos de um ano de operação do novo sistema.

De um calendário de um dia com água e cinco dias sem, passou para o rodízio de três dias com água e três dias sem. No mês de dezembro, também será iniciado o trabalho de melhoria do desempenho do sistema nas áreas que compõem a segunda etapa do Olinda+Água, que abrange os bairros de Ouro Preto, Bairro Novo, Jatobá, parte dos Bultrins e de Jardim Fragoso. Nessas áreas, o sistema ainda está em fase de testes.

O Governo do Estado e a Compesa investem R$ 150 milhões (valores atualizados) no projeto Olinda+Água, recursos viabilizados junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Até o ano de 2021, 250 mil olindenses serão beneficiados com melhorias do abastecimento de água.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4469