Skip to main content

PRESIDENTE DA CÂMARA CANCELA CONTRATAÇÃO DE BUFFET

O presidente da Câmara de Vereadores de Olinda, Jorge Federal, decidiu não homologar a licitação que previa a contratação de serviço de buffet para eventos sociais da Casa Bernardo Vieira de Melo. Com teto inicial de R$ 22 mil, venceu o certame empresa que orçou o serviço em R$ 17 mil. A licitação Nº 05/2019 previa a contratação de suporte para dez eventos com 100 pessoas, cada, ao longo do ano.

De acordo com o vereador, a suspensão se deu em função do momento de crise pelo qual a cidade vem passando, após as enchentes registradas no mês passado. “Entendemos que não é momento para a realização deste tipo de despesa, apesar de ser uma necessidade que a Câmara tem. A cidade está em “estado de emergência“. Por isso, achei por bem não homologar o contrato”, afirmou.

A polêmica licitação para contratação do buffet veio à público no último dia 23 de julho por meio de uma publicação do Movimento Brasil Livre (MBL Olinda), gerando grande repercussão na sociedade. Na época o presidente da Câmara justificou a licitação como sendo a forma mais transparente e econômica para contratação do serviço.


Jorge Federal disse ainda ter considerado importante a divulgação feita pelo Observatório de Olinda sobre o assunto, pois a repercussão o ajudou na decisão de não homologar a licitação. “A imprensa tem um papel importante, pois apresenta um termômetro do sentimento da sociedade. Cabe a nós entender este anseio e agir em maior sintomia com a vontade popular“, comentou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: