Skip to main content

JUSTIÇA DETERMINA BUSCA E APREENSÃO NO COMITÊ DE RENILDO E JOÃO PAULO

A Justiça Eleitoral agiu rápido e determinou a expedição de mandato de busca e apreensão de material de campanha ilegal no comitê central de Renildo Calheiros e João Paulo – ambos do PCdoB – em Olinda. Na última sexta-feira (31.09), a partir de denúncias de leitores, o Observatório de Olinda noticiou a “derrama” de milhares de “santinhos” dos ex-prefeitos de Olinda e Recife com o nome de Lula como se fosse candidato a presidente, na orla do Bairro Novo, próximo à Feira de Orgânicos.

A determinação foi da desembargadora Karina Albuquerque Aragão de Amorim, que também ordenou a apreensão do mesmo material em uma gráfica ou que ainda esteja sendo distribuído nas ruas. A magistrada baseou sua decisão no fato de o material irregular estar induzindo o eleitor ao erro, já que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é candidato e se encontra preso por corrupção, em Curitiba (PR).


A desembargadora afirmou em sua decisão que o material de propaganda ilegal “acarreta vantagem a um candidato em detrimento dos demais concorrentes, com ampla divulgação de mensagem inverídica”. Renildo e João Paulo são candidatos a deputado federal e estadual, respectivamente.

Um comentário em “JUSTIÇA DETERMINA BUSCA E APREENSÃO NO COMITÊ DE RENILDO E JOÃO PAULO

  1. Esse João Paulo não era nem para estar participando da eleição por estar respondendo a processo relativo ao caso Finatec na época que foi prefeito de Recife, e o outro, Renildo Calheiros, que vivia escondido do povo de Olinda, por conta de uma administração caótica, demonstram, com essa estratégia de enganar os eleitores, do que os comunistas são capazes para atingirem seus objetivos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: