Skip to main content

NÃO FOI UM DILÚVIO MAS AVENIDA BEIRA-MAR VIROU UM RIO

Em qualquer lugar do mundo podem existir áreas de alagamento crônico que quando recebem uma grande quantidade de chuva simplesmente ficam cobertas pelas águas. Normal. Agora o que não é admissível, nem aqui em Olinda, nem na China, é uma enchente numa via à beira-mar, como está acontecendo na Avenida Ministro Marcos Freire.

Vários trechos se transformaram em cursos de água, verdadeiros rios que atrapalham o trânsito e demonstram a pouca competência de quem deveria cuidar da infraestrutura da cidade. “Se a beira-mar está assim, imagine a Avenida Presidente Kennedy”, disparou Jéferson de Lima, pai de aluno do Colégio Dom, em Casa Caiada, que tem um dos piores trechos de alagamento de toda Avenida Marcos Freire.


Além do Colégio Dom, que virou uma ilha (cercado de água por todos os lados), no início desta manhã verificou-se também intenso acúmulo de água próximo à Facotur e na Praça Duque de Caxias, no Bairro Novo, além da parte da via que corta Rio Doce. Pelo visto, tá faltando gestão e engenharia na Prefeitura de Olinda.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: