Skip to main content

ATÉ ANTONIO CAMPOS QUER O IMPEACHMENT DE TEMER

Quando um político cai em desgraça – como está acontecendo agora com o atual presidente da República, Michel Temer – todo mundo quer tirar uma “casquinha” do ‘cão leproso’. Não tendo nada mais relevante para fazer a fim de aparecer na mídia o ex-candidato derrotado a prefeito de Olinda, Antônio Campos, teatralizou um pedido de impeachment contra Temer.

Em seu manifesto publicado nas redes sociais Campos também pede “Diretas Já”, no que tem sido considerado mais um delírio do “neto de Arraes”. A peça cênica têm rendido boas gargalhadas, principalmente entre “gente grande” do seu ex-partido, o PSB. A denúncia de crime de responsabilidade contra o presidente foi protocolada ontem (21), na Câmara dos Deputados.

Antônio Campos afirma em seu manifesto que Michel Temer nunca foi solução para os problemas nacionais. Ele também teceu críticas às reformas trabalhista e previdenciária, segundo ele, apresentadas de forma apressada e sem discussão com a sociedade “em um processo que não resguardou com equilíbrio os interesses dos brasileiros”.


No documento Antônio também questionou a legitimidade do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do presidente do Senado, Eunício Oliveira, que estão na linha sucessória do presidente por estarem sob investigação na operação Lava-Jato.

A respeito das informações de um dos diretores da JBS envolvendo o nome do ex-governador Eduardo Campos na recepção de propinas milionárias Antônio, estranhamente, não deu “um pio”. Talvez não tenha lido o trecho da delação de Ricardo Saud onde ele afirma ter repassado R$ 15 milhões para a campanha presidencial do seu irmão, em 2014.

Deixe uma resposta