Skip to main content

ASSALTANTES LEVAM PÂNICO A ESCOLAS PRIVADAS DE OLINDA

Eles tinham dado uma pequena trégua no ano passado. Mas os bandidos que se acostumaram a assaltar funcionários, pais e alunos de escolas particulares voltaram a aterrorizar a classe média. Na última sexta-feira (16), por volta das 11h da manhã, dois assaltantes não se intimidaram com o grande movimento em um dos portões de entrada do Colégio Imaculado Coração de Maria, no Bairro Novo, sacaram armas e tomaram o carro de um senhor que deixava o neto na escola.

A vítima, soube-se mais tarde, já havia sofrido um assalto semelhante no ano passado. “Foi um terror. Os pais e as crianças correndo, gritando, tentando entrar na escola, pessoas se jogando no chão. O portão estava fechado e o desespero foi total com criança e adultos chorando”, relatou uma mãe em um grupo de Wattsapp.

Em março do ano passado, após uma série de assaltos nas imediações da escola, um grupo de mães do Colégio Imaculado fez uma grande mobilização por mais segurança. Elas elaboraram um abaixo-assinado que foi entregue à escola, à Prefeitura de Olinda e ao comando do 1º Batalhão da Polícia Militar a fim de que fossem tomadas providências. Depois que a poeira baixou o assunto caiu no esquecimento e pouca coisa efetivamente aconteceu.

Agora elas prometem retomar a mobilização. Na próxima quinta-feira (22) os pais deverão se reunir com a direção da escola para discutir formas de se proteger dos assaltos. Ironicamente, a pauta original do encontro (que já estava previamente agendado) seria a apresentação da Campanha da Fraternidade 2018 cujo tema é: Superação da Violência.

“Vamos ver como será este debate. Queremos saber se a discussão vai ficar só na teoria, pois, fora dos muros da escola, a violência é uma realidade diária para nós”, comentou uma mãe.

PS.

Aconteceu no Colégio Imaculado, mas há relatos semelhantes deste tipo de crime em diversas outras escolas de bairros como Casa Caiada, Jardim Atlântico, Sítio Histórico, entre outros. A violência, infelizmente, está em todos os lugares da nossa cidade, do nosso estado e do País.

3 comentários em “ASSALTANTES LEVAM PÂNICO A ESCOLAS PRIVADAS DE OLINDA

  1. Sabemos que na crise atual todas as famílias, instituições e empresas sofrem muitas dificuldades em manter as despesas gerais com custos acerca de necessidades, pagamento de taxas, pagamentos de funcionários. As pessoas poderiam, juntos com as escolas, criarem uma taxa minima que fosse voltada para a contratação de rondas policiais nos horários de entrada e saída de alunos. Rondas ou policiais que ficassem fixos nas esquinas nestes horários, que são os que mais propiciam as abordagens dos bandidos. Sabemos q já são pagas mensalidades, mas uma taxa mínima, às vezes, muito inferior a um simples lanche que fazemos, poderia permitir as escolas contratar esse tipo de serviço. O CICM de Olinda muito tem se empenhado na nova gestão em realizar melhorias. Isso é visível, mas, infelizmente, pode não estar preparado financeiramente p arcar com esse custo adicional. Tem escola em João Pessoa que adotou uma taxa de 5,00 para tentar solucionar esse grave problema, que, na verdade, é um problema não nosso nem das empresas, mas sim dos governantes que com a incompetência e impunidade pelas leis falhas não conseguem manter a segurança nas ruas do país. Então, diante disso, cabe à população tentar achar meios de se sentirem ao menos um pouco mais seguros. Incoerências do nosso Brasil.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4609