Skip to main content

ALINE MARIANO RECEBE APOIOS PARA CANDIDATURA À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

A vereadora do Recife e pré-candidata a deputada estadual Aline Mariano (Progressistas) se reuniu, na tarde de hoje (10), com um grupo de formadores de opinião de Olinda a fim de trocar ideias sobre as plataformas que pretende levar para o mandato na Assembleia Legislativa, caso seja eleita em outubro. O suplente de vereador Fábio Belmino e o Tenente-Coronel do Corpo de Bombeiros, Róbson Araújo – ambos com forte atuação na Marim dos Caetés – serão colaboradores da parlamentar.

Em comum eles têm o combate às drogas como bandeira. A vereadora já foi secretária de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas da Prefeitura do Recife, tendo desenvolvido um trabalho elogiado por especialistas do setor. Fábio Belmino foi coordenador do Programa Atitude (Governo do Estado), enquanto o Tenente-coronel Róbson implantou as “Brigadas Escolares” na rede estadual de ensino.

“Estamos fazendo esta interlocução com grupos de Olinda porque temos a intenção de trabalhar muito as questões sociais, com foco no combate às drogas e à violência. Durante o meu mandato Olinda terá uma importância grande por ser uma das principais cidades do Grande Recife. Os colaboradores locais serão fundamentais na interlocução com a sociedade e no atendimento das demandas que vierem do município”, explicou Aline.


“Nos conhecemos há alguns anos justamente neste trabalho de apoio às vítimas das drogas. Isto nos uniu. Por acreditar na grande capacidade gerencial de Aline é que estamos somando forças para que ela chegue à Assembleia e possa ajudar Olinda com programas similares aos que desenvolvemos recentemente”, afirmou Belmino.

2 comentários em “ALINE MARIANO RECEBE APOIOS PARA CANDIDATURA À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

    1. Kkkkk…votar na lisa do liso ?
      Tá com medo da capacidade de Aline ?
      Ela é uma jovem extremanete capacitada…uma deputada estadual tem atuação no estado no qual Olinda está inserido…mas se depender da atual gestão municipal vai se tornar uma capitania hereditária, Porém o povo não irá permitir.

Deixe uma resposta