Skip to main content
Observatório de Olinda

LEI PREVÊ PERDA DE MANDATO PARA POLÍTICO AGRESSOR DE MULHER

Atenção Olinda Libertária!!! Vamos acompanhar (e apoiar) com atenção a tramitação desta proposta. O deputado federal João Campos (PSB), filho do ex-governador Eduardo Campos, protocolou, na Câmara Federal, Projeto de Lei que prevê a perda do mandato de políticos que pratiquem atos de violência contra mulheres.

O texto diz também que agressores devem ser impedidos de ocupar cargos públicos, inclusive comissionados. De acordo com pesquisas de entidades como o Instituto Maria da Penha, mais de 30 mil mulheres são agredidas diariamente no Brasil.

E em Olinda não é diferente. Estes vermes, canalhas, covardes, pervertidos estão praticando seus crimes contra as mulheres desde os barracos das favelas da periferia até os luxuosos apartamentos da beira-mar da nossa cidade. Uma vergonha, sem distinção de classe social.

MONSTRO – Ao apoiar a aprovação da lei, a sociedade cria mais um mecanismo para proteger as mulheres deste tipo de monstro, que infelizmente ainda existe para traumatizar a vítima e toda família. Além disso, quando em vigor, a legislação permitirá que se faça uma limpeza nas câmaras de vereadores, prefeituras e demais órgãos públicos.


“Através desse projeto vamos garantir que o agressor de uma mulher seja impedido de ocupar cargo público. E o detentor de mandato seja cassado e não possa mais disputar eleição. Essa luta é de todos nós”, afirmou João Campos.

Mulher, você que é vítima, há tantos anos, não se intimide. Denuncie. Lugar de agressor é na cadeia. E fora da vida pública.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: