Skip to main content

ANTONIO CAMPOS REPLICA MATÉRIA SOBRE LIVRO

Recebemos agora há pouco mensagem de email do escritor Antonio Campos onde o mesmo solicita “direito de resposta” à matéria publicada pelo Observatório de Olinda, hoje (06), sobre evento realizado pelo mesmo na noite de ontem (05). Segue o texto:

Com referência a matéria sob o título: FIASCO TOTAL EM “LANÇAMENTO DE LIVRO FAKE” DE ANTONIO CAMPOS, temos a esclarecer o seguinte:

1.     O bom jornalismo é pautado em cima de fatos apurados, ouvindo as partes e obedecendo as boas regras do jornalismo.

2.     A matéria citada não é fiel aos fatos, não ouviu a parte interessada, ora notificante, não traduzindo a realidade do evento da palestra de Antônio Campos, em Olinda, em 05.11.2019, pelo que vem pedir o cabível direito de resposta.

3.     O notificante tem todo evento registrado, cujas imagens desmente o relatado pelo Blog, sem edições, que tenta passar imagem que o evento teria sido um fiasco, o que não foi.

4.     A palestra teve mais de 60 participantes, que foi o público estimado para o evento em um auditório reduzido do restaurante e hotel Samburá. Era uma palestra debate para um público específico, devendo tal iniciativa ser ampliada para outros fóruns.

5.     Tanto que só foram levados para os autógrafos 50 exemplares do livro, que inclusive possuem versão digital disponível também para o público, que pode avaliar a crônica poética sobre Olinda.

6.     O site blogantoniocampos.com.br não esteve fora do ar, o que houve é um erro de grafia no outdoor onde faltou o .br, mas se o jornalista tivesse previamente ouvido o notificante, esse teria esclarecido.


7.     Em nenhum momento coloco-me como pré-candidato, em Olinda, mas lanço a ideia de resgatar um movimento e o bom debate sobre os problemas administrativos da atual gestão e da cidade.

8.     Infelizmente, o citado blog vem mais uma vez faltar com a realidade dos fatos e descamba para argumentos injuriosos contra o notificante, pelo que não se tratando de liberdade de imprensa, mas de abuso de direito e ferimento a normas legais e profissionais, estará ajuizando as ações cabíveis e representação profissional perante o Sindicato dos Jornalistas e a AIP, ante reiteradas injúrias e calúnias.

9.     Solicita o direito de resposta, na forma da Lei, pedindo para ser ouvido sempre que for ter matéria sobre o mesmo.

 

Olinda, 06 de novembro de 2019.

 

Antônio Ricardo Accioly Campos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto:

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/observatoriodeol/public_html/wp-includes/functions.php on line 4469